Para seus contatos
Read Time1 Minute, 47 Second

Motorista do caminhão guindaste caiu do veículo após o tombamento; barco ficou destruído. PM acredita que o acidente foi ocasionado devido ao afundamento do solo durante a manobra

Imagens que circulam nas redes sociais mostram o momento em que um caminhão guindaste tenta colocar um barco dentro do Rio Guaporé, mas tomba para trás. Como consequência, o barco acaba despencando no rio. O caso aconteceu na terça-feira (7) em Pimenteiras do Oeste (RO) e foi confirmado pela Polícia Militar (PM) local.

No vídeo também é possível ver quando o motorista do caminhão cai do veículo durante o acidente. O barco rebocador ficou destruído. Já o caminhão teve a parte traseira danificada.

A PM acredita que a situação foi ocasionada devido a um leve afundamento do solo durante a manobra. Mas reiterou que o caso trata-se de um acidente e que não é a primeira vez que acontece no município.

O condutor do caminhão foi encaminhado a uma unidade hospitalar de Pimenteiras, ficou em observação e já recebeu alta. A polícia revelou também que o dono do barco rebocador, que estava perto do local, chegou a passar mal e foi levado ao hospital da cidade.

A Marinha informou, em nota, que enviou uma equipe Inspeção Naval ao local do naufrágio. A Força Armada reiterou que não houve vítimas e “poluição hídrica”.

Disse ainda que instaurou um inquérito para investigar as causas do acidente (confira íntegra).

Nota à Imprensa

A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 9º Distrito Naval, informa que tomou conhecimento, ontem, 08 de janeiro, do naufrágio de uma embarcação, durante uma manobra de retirada da mesma da água, ocorrido no Rio Guaporé, nas proximidades do município de Pimenteira do Oeste (RO).

Assim que tomou conhecimento da ocorrência, a Capitania Fluvial de Porto Velho, enviou uma equipe de Inspeção Naval para apurar o ocorrido. Não há relatos de vítimas e poluição hídrica. Um inquérito já foi instaurado para apurar as causas, circunstâncias e possíveis responsabilidades pelo acidente.