Faça parte de nossos grupos de Whatsapp

Regional

Acidente entre ônibus que saiu de Vilhena e carreta mata três mulheres e deixa 4 feridos

Ônibus de viagem seguia de Vilhena para Comodoro quando se chocou com a carreta. Bombeiros de Rondônia e Mato Grosso estão no local para socorrer as vítimas

Três pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas em um acidente na madrugada desta quinta-feira (4) na BR-364 na região do município de Comodoro, a 677 km de Cuiabá.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Corpo de Bombeiros, o acidente envolveu um ônibus e uma carreta. Três mulheres, que seriam passageiras do ônibus, morreram no local. Outras quatro pessoas ficaram feridas.

O acidente ocorreu no km 1.240 às 4h45 (horário de Mato Grosso) e interditou a rodovia. A carreta estava carregada com grãos que se espalharam por causa da batida.

De acordo com os bombeiros, o ônibus de viagem seguia de Vilhena para Comodoro quando se chocou com a carreta.

Bombeiros de Vilhena (RO), a 100 km do local do acidente, e de Pontes e Lacerda (município a 483 km da capital), a 220 km do acidente, foram enviados para socorrer as vítimas.

As equipes ainda estão no local e socorrem as vítimas para hospitais da região. Os nomes ainda não foram divulgados pelos bombeiros ou PRF.


Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria e assessoria.
Related posts
Regional

Mulher é acusada de desligar aparelho de oxigênio do pai, em Vilhena, "quero dar um fim ao sofrimento dele"

Regional

Polícia Militar de Rondônia inova mais uma vez e prende jovem que portava moeda de R$ 1 furada por "destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia".

Regional

Em Rondônia, 79 pessoas foram assassinadas nos dois primeiros meses de 2019

Regional

Professor aposentado de 71 anos é preso suspeito de abusar de 2 crianças em Vilhena

Assine nossa newsletter e receba nosso boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Worth reading...
Empresa pede bloqueio de salário do deputado federal Alexandre Frota por calote em boate gay, de Brasília