Agente penitenciário matou esposa e cunhada em escritório de advocacia; suicidou-se em seguida

Compartilhe
Read Time1 Minute, 18 Second

Crime ocorreu no início da tarde desta sexta-feira, em Porto Velho; casal assinaria divórcio

O agente penitenciário Antônio Pereira de Carvalho foi o autor dos tiros que mataram as irmãs Carmelúcia Gava da Silva e Márcia Gava da Silva de Carvalho no início da tarde desta sexta-feira (10), em um escritório de advocacia localizado na Rua Quintino Bocaiuva com a Brasília, região central de Porto Velho.

O assassino, que também acabou com sua vida, era ex-marido de Márcia. As mulheres foram mortas com tiros na cabeça.

De acordo com a polícia, o homem matou primeiro a ex-cunhada, com quem iniciou uma discussão. Ela estava sentada e levou um tiro. Em seguida ele atirou na ex-esposa e depois na própria cabeça. As mulheres foram encontradas ainda sentadas.

Dois advogados estavam na sala onde os crimes aconteceram e conseguiram fugir para um banheiro, assim que o agente puxou a arma.

O casal tinha um encontro já agendado no escritório, onde iria realizar a separação amigável, de acordo com relatos da delegada

Antônio foi o autor do crime

Continue em Painel Político

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Close