Amazon expõe dados íntimos de atrizes de site de pornografia

Compartilhe
Read Time1 Minute, 44 Second

O impacto do vazamento destes dados na vida de quem teve seus dados pessoais publicados pode ser enorme e ainda não dimensionados

Uma pasta aberta de um dos servidores da Amazon expôs perfis completos com dados íntimos e documentos de mulheres que faziam transmissões pornôs pela web. A informação é do relatório da VPN Mentor, e a informação foi descoberta pelos especialistas Noam Rotem e Ran Locar.

Os dados hospedados na Amazon no estado da Virgínia, nos EUA, pertenciam ao site de conteúdo adulto Pussy Cash. A pasta aberta continha quase 20 GB de informações extremamente sensíveis, como dados sexuais, marcas corporais, piercing, tatuagens de quatro mil modelos, como também documentos, endereço, telefones.

Os mais de 800 mil documentos e informações foram descobertos dia 3 de janeiro, e no dia seguinte a empresa foi notificada oficialmente. Segundo o relatório, no dia 9 deste mês a empresa bloqueou o acesso à pasta da página Pussy Cash e sua rede, que inclui o site ImLive.

O site especializado em pornografia pela webcam oferecia também o serviço das cadastro das modelos para trabalho com conteúdo adulto. Ao todo, a rede possui cerca de 66 milhões de usuários registrados. As informações vazadas afetam modelos de países da África, América do Norte, América Latina, Europa, Ásia e Austrália.

De acordo com o relatório, o impacto do vazamento destes dados pode afetar fortemente a vida de quem teve seus dados expostos, desde a publicação de nome e dados verdadeiros, geralmente ocultados em sites de pornografia, como também a facilidade de golpes com roubos de identidades completas. Via Agências Internacionais

+Destaques

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Close