Assassinato da Miss Manicoré está elucidado para polícia, que pede conversão de prisão de namorado em preventiva

Para seus contatos
Read Time1 Minute, 40 Second

Nesta segunda-feira (18), polícia solicitou da Justiça conversão da prisão temporária em prisão preventiva em nome do namorado da miss, Rafael Fernandes Rodrigues, 31

Em menos de uma semana após a Miss Manicoré, Kimberly Karen Mota, de 22 anos, ser encontrada morta dentro do apartamento do namorado, Rafael Fernandes Rodrigues, a polícia já considera o caso elucidado. O rapaz, de 31 anos, preso como principal suspeito, é réu confesso e, de acordo com a Polícia Civil, “há provas suficientes” que corroborem a elucidação. 

Nesta segunda-feira (18) a polícia solicitou da justiça a conversão da prisão temporária de Rafael em prisão preventiva para que o suspeito responda o processo preso. Eles aguardam a resposta do judiciário, segundo a delegada adjunta da Delegacia Especializada em Sequestros (DEHS), Zandra Ribeiro. 

“Para a policia, esse caso está elucidado, não há nenhuma dúvida que o Rafael foi o autor desse homicídio. Não só pelas inúmeras provas que temos nesse inquérito policial quanto pela própria confissão do Rafael”, afirmou a delegada. 

Rafael assassinou Kimberly à facadas por ciúmes

Ainda segundo a delegada, a Polícia Civil teve conhecimento de que, na noite desta segunda-feira (18), a mãe de Rafael Rodrigues saiu de São Paulo e chegou em Manaus à procura da especializada para tentar depor e saber notícias do filho. 

“A mãe dele esteve na sede da DEHS, mas não é interesse da polícia em ouvi-la, pois ela não vai contribuir em nada para as investigações. Ela não tinha contato com o filho, ele mesmo disse aos advogados que não quer ter contato com a mãe”, explicou.

Na tarde desta terça-feira (19), a delegada Zandra contou que aguarda a mãe da vítima, Neyla Mota para ser ouvida na unidade policial. 

“A mãe da vítima, iremos ouvir a situação que a Kimberly vivia aqui em Manaus com o tio, a mãe mora em Manicoré, mas ela sabe alguns detalhes do relacionamento pois a filha contava para ela”, disse.

Via G1/AM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *