Faça parte de nossos grupos de Whatsapp

Brasil

Associação Médica Brasileira quer revogação de norma sobre telemedicina

A Associação Médica Brasileira emitiu nota pública na qual se manifesta pela revogação da resolução do Conselho Federal de Medicina que regulamenta a telemedicina no país.

A resolução 2.227/18 do CFM define a prática como a prestação de serviços médicos por intermédio da tecnologia e entra em vigor no próximo mês.

De acordo com a norma, a teleconsulta subentende como premissa obrigatória o prévio estabelecimento de uma relação presencial entre médico e paciente. Nos atendimentos por longo tempo ou de doenças crônicas, é recomendado consulta presencial em intervalos não superiores a 120 dias.

Entre os aspectos da telemedicina regulamentados pela resolução estão a teleconsulta, o telediagnóstico e a telecirurgia.

Veja abaixo a nota oficial da AMB.


A Associação Médica Brasileira vem a público posicionar-se pela imediata REVOGAÇÃO da Resolução CFM nº. 2.227/2018, que dá nova redação à regulamentação da Telemedicina no Brasil.

A decisão da diretoria da AMB foi tomada após receber manifestações formais das Federadas e das Sociedades de Especialidade filiadas à entidade. A medida faz-se necessária para ampliação do debate e construção de um novo regulamento, permanecendo até lá em vigência a Resolução CFM nº 1.643/2002.

Ainda hoje a AMB vai comunicar oficialmente o CFM sobre a decisão.

Related posts
Brasil

Um em cada cinco brasileiros usa o celular enquanto dirige

Brasil

Total médio de anos de estudo cresce no Brasil, segundo IBGE

Brasil

Investir em educação é eficaz para redução de homicídios, diz Unicef

Brasil

Embarcação naufraga no interior do Amazonas; seis estão desaparecidos

Assine nossa newsletter e receba nosso boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *