Astronauta dos EUA pode ter cometido primeiro crime espacial da história

Read Time1 Minute, 17 Seconds

A americana Anne McClain está sendo acusada de invadir a conta bancária da ex-mulher. Ela nega

Uma astronauta da Nasa, a americana Anne McClain, está sendo acusada de cometer o primeiro crime espacial da história da humanidade. McClain teria acessado a conta bancária de sua ex-mulher, Summer Warden, enquanto estava em uma missão de seis meses na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês). O casal se separou em 2018, antes de Anne embarcar para a Estação. Lá, ela atuou como engenheira de voo até junho de 2019.

A astronauta Anne McClain teria acessado dados financeiros de sua ex-mulher sem permissão enquanto estava na ISS (Aubrey Gemignani)/Nasa)

De acordo com Worden, Anne teria feito operações em sua conta sem sua permissão. Por isso, a astronauta está sendo acusada de roubo de identidade e acesso indevido a registros financeiros privados. Por sua vez, McClain afirma que, embora de fato tenha entrado na conta da ex, não haveria motivações ilegais por trás do ato. Segundo ela, a conta sempre foi usada em conjunto por ambas, e Summer jamais teria pedido que elas deixassem de gerenciar o dinheiro coletivamente.

As diretrizes da ISS esclarecem que, em caso de crimes realizados a bordo, os atos devem ser analisados de acordo com as leis do país de origem do infrator — no caso, os Estados Unidos. O processo está sendo investigado pela Nasa, a agência espacial daquele país.

Da Veja

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close