Aterro feito no complexo da EFMM desmorona dentro do rio Madeira em Porto Velho; vídeo

Read Time56Seconds

Defesa civil diz que não há riscos de acidentes, pois área está isolada. Baixa do rio pode ter contribuído com deslocamento das pedras

A Defesa Civil de Porto Velho confirmou, na noite deste domingo (21), o desbarrancamento de um trecho do complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM), na margem do rio Madeira, em Porto Velho. A área está isolada, sem acesso ao público.

Segundo Marcelo Santos, coordenador da Defesa Civil, este ano o nível do rio madeira chegou a 17 metros e cobriu as pedras que foram colocadas em um trecho que margeia o complexo da Estrada de Ferro.

Uma obra está sendo feita no local. “Em cima é um peso muito grande das pedras, embaixo uma camada argilosa que não aguentou o peso e está cedendo, desbarrancando. A empresa deve emitir uma nota e fazer as devidas correções”, diz.

Ainda segundo Marcelo, provavelmente a obra é de responsabilidade de uma empresa particular sob a coordenação da Santo Antônio Energia.

A assessoria da Santo Antônio Energia informou que vai apurar os fatos e deve se manifestar nesta segunda-feira (22).

Com G1

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close