Beber vinho tinto contribui para o bom funcionamento do intestino, diz estudo

Compartilhe
Read Time1 Minute, 15 Seconds

Consumir moderadamente a bebida aumenta a variedade de micróbios intestinais benéficos, afirmam pesquisadores de universidade de Londres

Pesquisadores do King’s College, universidade localizada na cidade de Londres, descobriram que beber vinho tinto em doses moderadas pode melhorar as funções intestinais, pois ajuda a aumentar a variedade da população de microrganismos que habitam o intestino humano. 

Os cientistas analisaram os efeitos de diversas bebidas alcóolicas, como o vinho branco e a sidra (bebida fermentada a partir do suco da maçã), em um grupo composto de cerca de 3 mil pessoas que vivem no Reino Unido, Estados Unidos e Holanda. De acordo com os resultados, o vinho tinto foi o que resultou no estímulo de maior variedade de espécies de bactérias intestinais. 

“Se for escolher uma bebida alcóolica para hoje, o vinho tinto é o melhor, pois ele parece potencialmente exercer um efeito benéfico em você e nos seus micróbios intestinais”, afirmou em comunicado, a co-autora do estudo, Caroline Le Roy. 

Os pesquisadores acreditam que os resultados podem ter a ver com substâncias chamadas polifenóis, encontradas no vinho tinto. Elas possuem propriedades anti-inflamatórias e oxidantes, que ajudariam os micróbios a viverem dentro do corpo humano. 

Um estudo de agosto deste ano, liderado pela Universidade de Buffalo, de Nova York, mostrou ainda que o vinho possui um composto vegetal chamado resveratrol, que bloqueia uma enzima relacionada ao controle de estresse no cérebro. Um brinde!

Da revista Galileu

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close