Faça parte de nossos grupos de Whatsapp

Regional

BR 364 está liberada nos dois sentidos, informa DNIT

Rodovia havia sido interditada às 19h55 de quarta-feira, segundo a PRF, contabilizando cerca de 24 horas de interrupção no tráfego

A ponte sobre o Igarapé Andirá, na BR-364, está libertada para a circulação de veículos nos dois sentidos. A informação foi confirmada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na noite desta quinta-feira (7). A cabeceira da ponte desmoronou na última quarta-feira (6), deixando o local, que fica entre os municípios de Jaru e Ariquemes, interditado. A área foi liberada às 21h15.

Anteriormente, a previsão do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) era de que uma das pistas fosse liberada nesta sexta-feira (8). O local foi interditado às 19h55 de quarta-feira, segundo a PRF, contabilizando cerca de 24 horas de interrupção no tráfego.

Logo após a liberação, o DNIT soltou uma nota na página institucional do órgão no Twitter informando a abertura total da rodovia.

Equipes da PRF em conjunto com Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) seguiam no local trabalhando para recuperar a via.

Nenhuma pessoa passava pela ponte no momento da queda da cabeceira, o que não deixou feridos.

No fim da tarde desta quinta, a PRF informou que os funcionários fazem o chamado “serviço emergencial de colocação de pedras”, com objetivo de fechar o buraco de 9 metros que se formou no local.

Conforme a corporação, a construção de uma ponte metálica chegou a ser cogitada, mas a PRF não confirmou a aprovação ou reprovação da ideia.

Consequências

Com o desmoronamento, motoristas que saem do Acre ou Amazonas, por exemplo, não conseguiam mais chegar ao Mato Grosso por terra, pois a BR-364 é a única rodovia que interliga estes estados. Já quem sai do Mato Grosso também não conseguia ir ao Acre ou Amazonas.

A ponte que desmoronou fica sobre o Igarapé Andirá, no Km 464. Um buraco de 9 metros se formou na rodovia e isso impossibilitou a passagem de veículos pelo local. Pedestres também não conseguiam passar por questão de segurança.

Por volta de 23h30 da noite de quarta-feira, a PRF divulgou uma nota informando que pediu para as empresas de ônibus suspenderem as viagens de ônibus, pois ainda não havia rotas alternativas para atravessar este trecho da BR-364.

A BR-364 é a principal rodovia do estado, responsável por interligar Rondônia ao Mato Grosso, por exemplo.

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria e assessoria.
Related posts
Regional

A partir de maio, voos para o Acre só pela Latam, mas antes tem que passar em Brasília

Regional

Por transferência de Marcola, Força Nacional vai atuar em Rondônia por 15 dias

Regional

Rio Machado atinge 11,45 metros e deixa 20 famílias desabrigadas em Ji-Paraná

Regional

Tráfego é liberado na RO-257, em Ariquemes

Assine nossa newsletter e receba nosso boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *