Com medida protetiva e 7 boletins de ocorrências, mulher e filho são mortos pelo ex, em BH

Read Time1 Minute, 36 Seconds

A Polícia Militar (PM) está a procura de Paulo Henrique da Rocha, de 33 anos, apontado como principal suspeito de ter matado a tiros a ex-companheira e o filho dela no bairro Ipiranga, na região Nordeste de Belo Horizonte, na noite dessa segunda-feira (29).

A agente de saúde Teresa Cristina Peres, de 42, e o filho dela, Gabriel Peres, de 22, voltavam da academia quando foram executados com vários tiros na avenida Bernardo Vasconcelos. Câmeras de circuito interno registraram a ação. 

As imagens mostram o momento em que o homem se aproxima de um carro, abre o porta-malas e parece pegar algum objeto. Pouco tempo depois ele atira em Teresa. Ela morreu na hora. As câmeras não mostram, mas Gabriel também é atingido.

Paulo Henrique da Rocha está foragido – Quem tiver alguma informação sobre o suspeito pode ligar para o 181 ou acionar a PM via 190

Hugo Peres de Almeida, irmão de Tereza, conta que o suspeito há poucos meses vazou fotos íntimas da vítima e fazia da vida dela um inferno. “É um covarde, homem não faz esse tipo de coisa”.

De acordo com o tenente Inácio Rocha, Teresa era assistida pela PM. “A patrulha de violência doméstica vinha e prestava o auxilio necessário a ela, mas não dá para ficar 24 horas. A gente procura fazer sempre o nosso trabalho da melhor maneira possível, atender as demandas da violência doméstica. Então, não tem como aqui apontar o que deu errado nessa situação”, disse.

Teresa já havia registrado sete boletins de ocorrência devido às ameaças do ex- companheiro. 

A outra vítima, Gabriel tinha acabado de se formar em direito e passar na OAB.

Quem tiver alguma informação sobre o suspeito pode ligar para o 181 ou acionar a PM via 190.

As informações são da Rádio Itatiaia

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close