Saiba como viajar de graça nos aviões da Força Aérea Brasileira

Read Time2 Minutes, 55 Seconds

Poucos sabem, mas voar nos aviões da FAB é um direito de qualquer cidadão brasileiro

Muitos sequer imaginam, mas voar nos aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) não é um privilégio exclusivo de militares e políticos. Na realidade, todos os cidadãos brasileiros, residentes em território nacional, têm direito a viajar com a FAB sem gastar um centavo. Mas antes de arrumar as malas, é bom saber que isso só é possível quando há disponibilidade nas chamadas missões de Transporte Aéreo Logístico da entidade. A “carona”, entretanto, não é fácil de conseguir.

Para embarcar em um avião, é preciso se inscrever em um órgão chamado Correio Aéreo Nacional (CAN) da localidade onde se deseja embarcar, informando o seu destino de interesse. Confira aqui quais são as unidades do CAN espalhadas pelo país.

Após demonstrar interesse, o cidadão tem o prazo de até dez dias para ser convocado. O que não significa, necessariamente, que ele terá a oportunidade de voar de graça com a FAB, porque a viagem está condicionada à disponibilidade de vagas das aeronaves. Caso o prazo de dez dias expire e a pessoa ainda tenha interesse de fazer a viagem, é preciso renovar a inscrição por um novo período de dez dias.

No seu site, a FAB esclarece dúvidas e lista algumas recomendações para quem se interessa pela ideia. A entidade indica, por exemplo, que a solicitação seja feita com o máximo de antecedência possível por conta da disponibilidade dos aviões.

Sobre a gratuidade, a FAB afirma: “A viagem ocorre em aproveitamento de alguma missão previamente planejada e o embarque de passageiros não representa custo algum.” Outra questão abordada no site é que “não há limite imposto para o uso de aeronaves da FAB” – notícia boa para os mochileiros de plantão.Caso de sucesso

Quem testou o serviço foi o influenciador carioca Luan Cassadanta. Em sua conta no Instagram, o jovem contou em, um relato detalhado, como foi a experiência de viajar de graça com a FAB. Na ocasião, Cassadanta conseguiu realizar o trajeto Manaus-Brasília sem pagar por nada.

Luan Cassadanta, influenciador carioca que viajou de graça com a FAB (Foto: Reprodução/Instagram)
LUAN CASSADANTA, INFLUENCIADOR CARIOCA QUE VIAJOU DE GRAÇA COM A FAB (FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM)

Segundo ele, junto com a confirmação da inscrição veio a recomendação de que ficasse “atento”. Três dias depois do início do processo, ficou sabendo que havia um lugar disponível num voo que partiria no dia seguinte, às 6h da manhã. Ele destaca, porém, que o e-mail com a confirmação caiu no lixo eletrônico do seu e-mail. “É importante ficar de olho”, disse.

Mas não foi bem assim. “Fiquei muito empolgado por ter conseguido o voo, pois já tinha tentando algumas vezes saindo do Rio de Janeiro e nunca consegui. Ainda desconfiado, liguei para eles e me decepcionei, porque estava apenas na lista de espera, sem nada confirmado.”

Mesmo assim, recebeu a indicação para ir até a base aérea na hora de partida. Caso alguém desistisse, a lista de espera seria convocada pela ordem de inscrição. “Eu era o 39º na fila. Desanimei, mas não desisti”, afirmou. Quando chegou à base, foi chamado. “Fiquei muito feliz! Conseguir carona de avião é muita ostentação para quem passa tanto tempo na estrada”, disse na publicação.

Da Época Negócios

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close