Criança vai em farmácia ao lado de casa e denuncia maus-tratos para balconista; mãe nega o crime

Read Time1 Minute, 9 Seconds

Mulher de 28 anos prestou depoimento e alegou apenas “dificuldades financeiras”. Além do menino de 9 anos, ela ainda possui outros três filhos. Conselho Tutelar acompanha o caso

Um menino de 9 anos foi até a farmácia ao lado da casa dele, na rua André Roberto Bidoia, bairro Celina Jallad, em Campo Grande (MS), para denunciar crime de maus-tratos. Ele conversou com o balconista e, em seguida, a Polícia Militar (PM) foi acionada. A mãe nega o crime.

“Parece que ele já conhecia o balconista e então fez a denúncia. No entanto, o menino não tinha lesões. A PM foi até lá e trouxe a família acompanhada do Conselho Tutelar. No local, mora o menino, os irmãos dele de 1, 2 e 8 anos de idade, além da mãe e a avó que já manifestou interesse em ficar com ele”, afirmou o delegado Guilherme Carvalho Rocha, plantonista da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Piratininga.

Durante o interrogatório, a mãe, de 28 anos, disse que “bate no menino, o problema é que ela sofre de dificuldades financeiras e, com isso, possui uma relação difícil com os filhos”. “Nós a ouvimos e fizemos um TCO [Termo Circunstanciado de Ocorrência] de maus-tratos. O Conselho deve acompanhar o caso. A mãe não tinha antecedentes criminais”, finalizou Rocha.

Do G1/MS

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close