Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio afirma ter esclarecido 95% dos casos em 2019

Compartilhe
Read Time2 Minute, 27 Second

A Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio de Porto Velho afirma ter esclarecido 95% dos casos de latrocínio consumados ano de 2019, segundo levantamento anual apresentado pelo delegado, José Marcos. Os dados mostraram, que dos 18 casos registrados na delegacia (consumados e tentados), 16 foram esclarecidos e os autores estão presos à disposição da justiça.

Além dos crimes de latrocínio apurados na delegacia, também foram investigados outros crimes como furtos, roubos e sequestros. Dos dez crimes de latrocínio consumados durante este ano, todos foram elucidados e dos oito casos tentados, seis acabaram sendo resolvidos.

Segundo José Marcos, o resultado positivo na apuração dos crimes ocorridos na cidade se deve ao bom desempenho dos nossos delegados e investigadores. “Nós sempre atuamos em prol da sociedade para que o judiciário possa aplicar a punição dos autores dos crimes, que infelizmente ocorrem na nossa cidade. O ideal, seria que não ocorressem esses crimes, mas se são cometidos, nós temos que trabalhar para dar uma resposta aos familiares e a população”, disse.

Não reagir a ação dos criminosos, é o mais indicado a fazer para evitar mortes ou tentativa, de acordo com o delegado. “Nós temos que preservar o mais importante que é a vida. Se infelizmente, a pessoa tiver algum bem subtraído, a Polícia vai atuar para identificar e prender o autor ou autores desse crime. A gente sempre aconselha a não reagir em caso de roubos, porque os criminosos não tem nada a perder quando atacam as vítimas”, orientou José Marcos.

As denúncias anônimas feitas através do 197 da Polícia Civil, tem grande parcela no resultado positivo da Polícia. “A população sempre ajuda a gente com as denúncias e confia no nosso trabalho. Nós agradecemos o apoio que recebemos da população, denunciando pessoas que são procuradas pela Polícia ou que cometeram algum crime porque é muito importante para as nossas investigações”, disse José Marcos.

Neste período de final de ano, a Polícia ressalta os cuidados para evitar assaltos e furtos a residência. “É muito importante que as pessoas tenham mais cautela com a segurança durante as festas de final de ano. Se vai para a casa de algum parente ou viajar, deixe alguém vigiando seu imóvel para evitar furtos. Se for realizar festas em residências, fique atento, evite deixar portões abertos porque os criminosos só querem uma oportunidade para agir e cometer o crime”, ressaltou o delegado.

Outro alvo fácil para os criminosos, são as pessoas que costumam manusear o aparelho celular em via pública. “As pessoas precisam ficar mais atentas e não mexer em celular quando estiverem andando na rua porque se tornam um alvo fácil para os criminosos, que estão a procura de uma oportunidade para cometer assaltos”, finalizou José Marcos.

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Close