Deputado aciona PF contra Fátima Bernardes após show de Ludmilla

Compartilhe
Read Time2 Minute, 10 Second

O parlamentar afirma que a atração teria feito apologia ao uso, cultivo e venda de maconha

O deputado federal e pastor Otoni de Paula (PSC-RJ) acionou a Polícia Federal contra a apresentadora Fátima Bernardes após uma apresentação da funkeira Ludmilla no programa “Encontro”.

O parlamentar afirma que a atração teria feito apologia ao uso, cultivo e venda de maconha após a cantora ter se apresentado no dia 23 de dezembro, quando cantou seu hit “Verdinha”.

“Eu fiz um pé lá no meu quintal / Tô vendendo a grama da verdinha a um real”, diz a letra da música.

“Pelo horário, deduz-se que, dentre os telespectadores, estejam considerável número de menores”, argumenta o deputado no ofício enviado ao diretor da PF, Maurício Valeixo.

O programa “Encontro com Fátima Bernardes” vai ao ar de segunda a sexta, das 10h30 às 12h.

Relembre a apresentação:

Informações sobre a maconha para ficar atento no Brasil

Segundo a Lei de Drogas de 2006, é crime: “Importar, exportar, remeter, preparar, produzir, fabricar, adquirir, vender, expor à venda, oferecer, ter em depósito, transportar, trazer consigo, guardar, prescrever, ministrar, entregar a consumo ou fornecer drogas, ainda que gratuitamente, sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar”.

Também pode ser acusado de crime quem “semeia, cultiva ou faz a colheita, sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar, de plantas que se constituam em matéria-prima para a preparação de drogas.” A pena é de 5 a 15 anos de prisão.

Por outro lado: os benefícios da cannabis

O Estados Unidos, por exemplo, reconhecem uso da maconha no combate ao câncer.

Quem ainda enxerga a cannabis apenas como uma droga usada para recreação precisa rever seus conceitos. Afinal, ela tem sido cada vez mais usada no tratamento de doenças. E, agora, os Estados Unidos reconhecem a o poder da maconha no combate ao câncer.

O canabidiol, componente não psicoativo encontrado na cannabis, já tinha sua importância validada para aliviar sintomas colaterais do tratamento do câncer. Entre eles, dores, náuseas, ansiedade e perda de apetite.

Assim, a novidade mesmo é a eficácia da substância para matar células cancerígenas enquanto protege as normais, bloqueando o desenvolvimento dos vasos sanguíneos necessários para o avanço dos tumores. Via MSN

Continue lendo…

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Close