Faça parte de nossos grupos de Whatsapp

Economia

Os saques da caderneta de poupança superaram os depósitos em fevereiro

A retirada líquida (descontados os depósitos) ficou em R$ 4,020 bilhões, informou hoje (8) o Banco Central (BC). Foi o segundo mês seguido de retirada líquida – em janeiro chegou a R$ 11,232 bilhões.

Em fevereiro do ano passado, também houve retirada líquida, no total de R$ 708,116 milhões. O resultado negativo do mês passado foi o maior para o mês desde de 2016, quando houve retirada líquida de R$ 6,638 bilhões.

No mês passado, foram depositados na caderneta de poupança R$ 181,996 bilhões. Os saques durante o segundo mês do ano somaram R$ 186,017 bilhões.

Em fevereiro deste ano, os rendimentos da aplicação mais popular do país chegaram a R$ 2,965 bilhões. O saldo atualmente depositado na poupança está em R$ 787,933 bilhões.

Pela legislação em vigor, o rendimento da poupança é calculado pela soma da Taxa Referencial (TR), definida pelo BC, mais 0,5% ao mês, sempre que a taxa básica de juros (Selic) estiver acima de 8,5% ao ano.

Quando a Selic é igual ou inferior a 8,5% ao ano, como ocorre atualmente, a remuneração da poupança passa a ser a soma da TR com 70% da Selic. Hoje, a taxa Selic está em 6,5% ao ano.

Agência Brasil

Related posts
Economia

Caminhoneiros decidem por paralisação no dia 29, diz líder

Economia

Petrobras anuncia alta de R$ 0,10 por litro no diesel

Economia

Governo propõe salário mínimo sem reajuste real para 2020

Economia

Projeto de Estacionamento Rotativo e Frente Parlamentar das Micro e pequenas empresas é apresentado na capital

Assine nossa newsletter e receba nosso boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *