Faça parte de nossos grupos de Whatsapp

Regional

Em Rondônia, PF desarticula esquema que fraudou 3,5 mil documentos em compra e venda de madeira

Ação é feita no estado nesta quinta-feira (6), mas crime atingiu todo Brasil. Dois mandados de busca são cumpridos, diz PF

A Polícia Federal (PF) está cumprindo dois mandados de busca e apreensão em Rondônia, nesta quinta-feira (6), para desarticular um esquema que fraudou 3,5 mil documentos através do Sistema de Emissão de Documento de Origem Florestal (SISDOF). Os mandados, expedidos pela 5ª Vara da Justiça Federal de Porto Velho, serão cumpridos na casa dos investigados.

Conforme aponta a investigação, os suspeitos conseguiam fraudar o sistema de controle de compra e venda de madeiras. Com isso, era permitido o aumento dos créditos registrados de forma artificial, “possibilitando que produtos criminosos de delitos ambientais tivessem ingresso regularizado indevidamente no mercado”.

O esquema era utilizado para o controle de movimentação de madeira extraída em todo o Brasil. Apenas em Mato Grosso e Pará não foi possível fazer a emissão clandestina, pois os dois estados têm sistemas próprios.

Conforme a PF, o esquema criminoso emitiu pelo menos 3,5 mil documentos de origem florestal, com um movimento de 164.029,5054m³ de créditos florestais indevidos. Os investigadores acreditam que os créditos podem ser decorrentes de lavagem de produtos florestais obtidos em áreas não autorizadas

Durante a ação nesta quinta-feira em Rondônia, os agentes apreenderam documentos, telefones celulares e equipamentos eletrônicos, os quais serão analisados pela equipe de investigação.

Ainda conforme a PF, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais (IBAMA) determinou, em setembro de 2018, a abertura dos dados do Sistema de Emissão de Documento de Origem Florestal (SISDOF), ” deixando-os acessíveis para consulta pública, sendo este um importante passo para que os compradores de madeira possam ter maior controle da cadeia de produção e, assim, exigir dos produtores e extratores que não contribuam com a destruição da floresta e a violência contra seus povos”.

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria e assessoria.
Related posts
Regional

Vaticano noticia falecimento de Dom Moacyr Grechi

Regional

Morre aos 83 anos o Arcepisbo de Porto Velho Dom Moacyr Grecchi

Regional

Grupo Amazon Fort esclarece fatos errôneos divulgado em sites jornalísticos de Porto Velho-RO

Regional

Advogada morre em acidente na BR 364 próximo a Extrema com filho de 4 anos e sua mãe

Assine nossa newsletter e receba nosso boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Worth reading...
“Foi amor à primeira vista”, declara jovem de 23 anos casada com homem de 65