O empresário Isaías CD, um dos sócios do Aviões do Forró, está sendo investigado por sonegação de tributos, tráfico internacional de drogas, homicídios, ameaças e formação de quadrilha.

O Ministério Público Federal, por meio da procuradora regional da República Luiza Frischeisen, em concordância com a Justiça Federal, é favorável à investigação. Os sócios da A3 e os cantores Xand Avião e Solange Almeida também são investigados.

O empresário terá que responder também pelas acusações de estupro (feita por Solange Almeida) e sonegação de impostos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *