Empresários bolivianos buscam maior integração econômica com Rondônia

Read Time3 Minutes, 3 Seconds

Uma Comitiva de empresários bolivianos esteve na Sede da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia – Fecomércio/RO, na última terça-feira (01). O grupo foi recebido pelo Presidente em exercício, Gladstone Frota, juntamente com os conselheiros Osmar Santana de Lima, Hélio Hirayuki Natori e Abrão Lima Viana. Também esteve presente o Superintendente do Sebrae Rondônia, Daniel Pereira e o deputado Francisco Barreto Coutinho (Chiquinho), representando a Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia.

A comitiva boliviana, liderada pelo professor da Universidade da Bolívia, Rolf Köeler e os empresários Armando Garcia Meza e Roberto Garzia Meza, da Real S/A e Roger Giesse Roca, da Amazon Green, se disse motivada em fortalecer a relação comercial entre os países vizinhos, principalmente, pelas recentes medidas de liberação de áreas para a produção agrícola pelo governo boliviano que abre novas perspectivas para a agricultura do Beni e para aumentar as exportações, que já são feitas com madeira e castanha, pelo Porto de Porto Velho.

Interesses e objetivos comuns de desenvolvimento

Rolf Köeler, na ocasião, enfatizou as oportunidades que se abrem para a exportação de soja considerando que, a exportação do produto, via São Paulo para a China custa US$ 120 a tonelada e se a exportação for feita por Rondônia pode representar um custo menor do transporte de, pelo menos, US$ 30 dólares por tonelada com redução do tempo gasto quase pela metade. Também existe uma grande possibilidade de se abastecer Rondônia com ureia, um rico adubo essencial para a alimentação do gado, para as plantas e base para produção de cremes hidrantes para a pele e sal e, em troca, abastecermos a Bolívia com calcário e combustíveis, o que já se encontra em negociação com a Petrobrás. Também foi anunciado pelo empresário Armando Garcia Meza o interesse em aproveitar o potencial leiteiro do Estado, inclusive com um investimento em laticínios na região de Nova Mamoré.

Durante a reunião, Gladstone Frota, agradeceu a visita dos empresários à capital e reafirmou “a necessidade de trabalhar pela integração entre nossos países, como caminho para construir um futuro melhor para nossos povos”. Dentro da programação foi apresentado ainda um vídeo sobre a economia de Rondônia, logo depois a Consultora Executiva da Presidência da Fecomércio, Cileide de Macedo discorreu sobre as providências que estão sendo tomadas com o Governo do Estado de Rondônia e a Infraero para o alfandegamento de passageiros do Aeroporto Jorge Teixeira de Oliveira. Já o Superintendente do Sebrae Rondônia, Daniel Pereira, além de exaltar o trabalho realizado por Rolf Köeler em prol da aproximação dos países, comemorou o fato de que a Bolívia foi declarada pela Organização das Nações Unidas (ONU) – País livre de analfabetismo, uma grande vitória do país irmão que abre espaço para um crescimento muito grande nos próximos dez anos. Na ocasião propôs que os esforços de turismo fossem feitos em conjunto entre Rondônia e Bolívia na medida em que nossas atrações provenientes dos rios, em especial a pesca esportiva, são binacionais. Houve uma troca de perspectivas e de opiniões que convergiram para a necessidade, cada vez maior, de união entre, principalmente, o Departamento do Beni e Rondônia em busca do objetivo comum de integração regional e desenvolvimento.

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close