Estímulo à aviação regional de Vilhena foi tema de reunião

Read Time2 Minutes, 54 Seconds

Presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE visita prefeito de Vilhena para estimular o uso dos recursos do Plano de Desenvolvimento da Aviação Regional – PDAR

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia-Fecomércio/RO tem trabalhado para aumentar o número de voos e diminuir os custos das passagens aéreas, o que também implica em proporcionar melhores condições aos aeroportos regionais. Neste sentido, com o objetivo de aumentar o acesso da população brasileira ao sistema de transporte aéreo brasileiro, foi criado, pela Lei nº 13.097, subsídios à aviação regional – o Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional (PDAR).

O programa tem como objetivo melhoria na infraestrutura dos aeroportos e elevar o número de frequências das rotas regionais operadas regularmente e também o número de cidades e rotas atendidas por transporte aéreo regular de passageiros, com prioridade aos residentes nas regiões menos desenvolvidas do País. O programa comtempla 5(cinco) municípios do nosso estado pela Secretária de Aviação Civil – SAC, Ariquemes, Ji-Paraná, Cacoal, Vilhena e Guajará-Mirim, até agora as obras de melhoria não foram iniciadas.

Visando acelerar este processo, uma comitiva liderada pelo presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE e Vice-Presidente da Confederação Nacional do Comércio – CNC, Raniery Araújo Coelho, está começando por Vilhena uma campanha para as Prefeituras e os Empresários buscarem uma rápida solução para o problema com a finalidade de aumentar o número de voos para estes municípios. Na manhã desta segunda-feira (22), foi apresentado ao prefeito Eduardo Japonês, a Proposta do Desenvolvimento Aéreo de Rondônia, onde foi destacada a importância de revitalização do aeroporto do município. O Prefeito tomou conhecimento do assunto na ocasião e relatou a importância de se buscar melhorias para o Aeroporto de Vilhena. “ Agora é o momento de correr atrás em busca de melhorias para nossa região”, destacou Eduardo Japonês.

Raniery Coelho ressaltou que “As empresas aéreas já podem ter redução no custo do combustível se fizerem no mínimo duas escalas internas em Rondônia, porém, alegam que as condições das pistas e a segurança não permitem isto. Precisamos melhorar a infraestrutura aeroportuária para termos maior mobilidade e preços de passagens mais baratas. A Amazônia é uma região com grandes distâncias entre suas principais cidades. Rondônia é um exemplo disto. E por tal razão, é imprescindível investir em infraestrutura que comporte o nosso crescimento. E, neste contexto, a aviação regional é fundamental e não pode ser feita sem investimentos em aeroportos”, afirmou o presidente.

A Comitiva de visita ao prefeitura de Vilhena contou com a presença dos vice presidentes da Federação, Gladstone Frota e Pedro Jucá, conselheiro Dirceu Hoffman, Consultora Executiva, Cileide de Macedo, do Diretor Regional do Senac, Hilton Gomes, o Diretor da Divisão de Programas Sociais do SESC, João Daniel, a gerente do Sesc Vilhena Ariadne Colatto e o gerente do Senac Rafael de Oliveira. Participaram das discussões ainda, o secretário de planejamento, Ricardo Zancan, secretário de agricultura, Eloi Maria, a agente da Semtec, Rita Corrêia, os vereadores Helena Queiroz, Rafael Maziero, Samir Ali, Adilson de Oliveira, Wilson Tabalipa e o deputado estadual Luizinho Goebel.

Fonte: Asfecom

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close