Ex-secretário Williamens Pimentel e ex-diretor da Sesau, Humberto Paraguassu são presos

Read Time1 Minute, 7 Seconds

O ex-secretário da Saúde de Rondônia, Williames Pimentel e o ex-diretor financeiro da Secretaria de Saúde, Álvaro Humberto Paraguassu Chaves, foram presos nesta segunda-feira na Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) após se apresentarem. Eles estavam com a prisão provisória decretada pela Justiça, por suposto envolvimento em esquema de corrupção envolvendo irregularidades em transporte de pacientes por parte de aeronaves da Empresa Rima Aero Táxi, descoberto na Operação Pouso Forçado.

Williamens Pimentel está preso em casa

Pimentel é advogado e deve ficar os cinco dias da provisória em sua própria residência. Ele impetrou habeas corpus no Judiciário.

O ex-secretário e seu ex-diretor financeiro eram os únicos suspeitos que ainda não haviam sido presos.

No mesmo dia da deflagração da Operação foram presos Diana Pereira de Souza (enfermeira), Domitilia dos Santos Fideles de Moraes (enfermeira), Eliana Silvestrini de Andrade (Ex-gerente TFD), Gilberto dos Santos Scheffer (Empresário), Gleense dos Santos Cartonilho (Biomédica), Ieda Soares de Freitas (Fundo Estadual de Saúde), Luís Eduardo Maiorquim (ex-secretário adjunto de Saúde), Maria do Socorro Rodrigues da Silva (ex-secretária adjunta de Saúde), Rosimar Gonçalves Viana Xavier (assessora especial da Sesau), Rozenita Alves Postigo (assessora da Sesau) e Tiago Ramos Pessoa (assessor Sesau).

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close