Faça parte de nossos grupos de Whatsapp

Tecnologia

Facebook lança programa para reduzir Fake News

Facebook lançou um programa de verificação de conteúdos em espanhol para reduzir a propagação de desinformação na Espanha com a ajuda da agência de notícias AFP, a Maltita.es e a Newtral.

A maior rede social do mundo iniciou este projeto antes das eleições legislativas espanholas do dia 28 de abril deste ano e explicou, em comunicado, que as empresas contratadas são independentes e afastadas da sua plataforma, pertencendo à International Fact-Checking Network, uma rede autônoma que desenvolve trabalhos de verificação.

“Trabalhamos continuamente para impedir a disseminação de desinformação na nossa plataforma. Um dos mecanismos que usamos é a parceria com verificadores de dados de todo o mundo. Vamos continuar a aumentar os nossos esforços e investir mais nesta área”, disse a diretora de Assuntos Públicos do Facebook em Espanha, Natalia Basterrechea.

A empresa esclareceu que a estratégia a ser aplicada consiste em três pontos para “melhorar a qualidade e autenticidade das informações”. A rede social irá eliminar as contas e conteúdos que violem as orientações comunitárias ou as políticas de publicidade, irá reduzir a distribuição de notícias falsas e conteúdos não autênticos e informará as pessoas sobre elas, dando mais contexto sobre o que é publicado.

Quando um dos verificadores classificar uma informação como falsa, esta será mostrada mais abaixo na secção de notícias, o que irá contribuir para reduzir a sua distribuição e propagação, limitando o número de pessoas que a lerá.

O Facebook assegura que, marcando uma notícia como falsa, pode-se reduzir a sua circulação até 80% e que a publicação reiterada de desinformações penalizará as páginas e os domínios que as promoverem.

A AFP é a mais antiga e uma das maiores agências de notícias do mundo, enquanto a Maldita. es e a Newtral são empresas espanholas que se dedicam, entre outras coisas, à verificação de dados (fact-checking), nomeadamente através da monitorização do discurso político e das informações que circulam nas redes sociais.

Com informações da Lusa.

Related posts
Tecnologia

Google suspende parte de acesso da Huawei ao Android

Tecnologia

Vírus que espionou Whatsapp foi usado no Brasil em operação que aparece a OI; domínio de petição on-line foi vetor

Tecnologia

Instagram apresenta instabilidade em vários países

Tecnologia

Falha no Whatsapp permite ouvir conversas e gravar som ambiente; empresa pede que os 1,5 bi usuários atualizem app

Assine nossa newsletter e receba nosso boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *