Painel Político

Revista, é uma editoria do site Painel Político, e apresenta notícias variadas sobre tecnologia, streaming, variedades, famosos, fatos do cotidiano no Brasil e no mundo.

Frigorífico que sonegou R$ 20 milhões em impostos é alvo da PF, em Rondônia

Para seus contatos
Read Time1 Minute, 36 Second

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta segunda-feira (29) a Operação Reencarnação para desarticular um esquema de sonegação de impostos federais por um frigorífico de Ji-Paraná (RO), região central do estado. Cerca de R$ 20 milhões em impostos já foram sonegados pelo frigorífico, estima a PF. 

Ao todo, a polícia cumpre quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal. Os mandados são cumpridos em Ji-Paraná e Rondonópolis (MT). 

A investigação da operação Reencarnação começou depois do compartilhamento de procedimento fiscal pela Receita Federal, onde foi informado a existência de sonegação fiscal praticada por um frigorífico de Ji-Paraná. Estima-se que R$ 20 milhões foram sonegados pelo grupo investigado. 

“Já em fase de inquérito policial, identificou-se o uso de ‘laranjas’ na estrutura formal das empresas, assim como os reais proprietários e beneficiários do esquema criminoso. Utilizando de pessoas, sem quaisquer bens para arcar com as quantias sonegadas, os reais proprietários do frigorífico encerravam apenas formalmente as atividades da empresa com o fim de eximir-se das dívidas tributárias, trabalhistas e com fornecedores. No entanto, continuavam com a mesma estrutura e atividade comercial utilizando-se de nova empresa em nome de laranjas”, diz a PF. 

Através de informações obtidas da Fazenda Nacional, a PF descobriu que o grupo investigado já tem uma dívida inscrita superior a R$ 50 milhões, somente em tributos federais. 

Além da participação dos investigados no esquema criminoso de sonegação, a PF investiga os bens auferidos de forma ilegal, auxiliando na recuperação dos valores sonegados à União. O nome do frigorífico investigado não foi divulgado pela PF. 

Operação Reencarnação 

A operação recebeu o nome de Reencarnação por remeter tanto ao objeto de atividades das empresas – carne bovina – quanto a criação de nova empresa sem dívidas para atuação no lugar de empresas desativadas com enormes débitos tributários, em sucessão física direta.

Via G1

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria e assessoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo