Faça parte de nossos grupos de Whatsapp

Polícia

Homem mata vizinho a socos e alega que estava em ‘round de MMA’

“Foi possível notar sinais claros de desequilíbrio naquilo que ele falava”, disse o investigador

Um homem de 39 anos matou a socos e pontapés o próprio vizinho, de 43, em Santos, no litoral de São Paulo.

O agressor Carlos Vinicius Gomes foi preso horas após o ocorrido, segundo informou a polícia na manhã desta terça-feira (5).

De acordo com o G1, o trabalhador portuário Christian Fernando Silva teria ido conversar com o vizinho após ele ter danificado sua moto. Ele foi agredido nas dependências do prédio em que morava, na Rua Cidade de Santos, na Ponta da Praia.

O designer de pranchas derrubou Christian no chão e o agrediu com socos e pontapés. A Polícia Militar e o resgate do Corpo de Bombeiros foram acionados.

Christian chegou a ser socorrido, mas não resistiu. O suspeito foi localizado e alegou para a polícia que se sentiu em um ‘round de MMA’.

Segundo o investigador do 3º Distrito Policial de Santos, Adriano Mattos, o pai do agressor também prestou depoimento. “Ele relatou que o filho tinha problemas mentais que nunca foram diagnosticados, e que isso piorou após uma viagem à Europa”, disse Mattos.

“Ele disse frases desconexas, chegou a dizer que era perseguido por uma seita satânica. Foi possível notar sinais claros de desequilíbrio naquilo que ele falava”, disse o investigador.

O suspeito está preso e está à disposição da Justiça. Ele deve responder por homicídio qualificado por motivo fútil.

Fonte: noticiasaominuto

Related posts
Polícia

Sargento da PM mata ex-mulher e suicida em seguida; ela tinha medida protetiva há meses

Polícia

Dançarina baiana do La Furia é esfaqueada por mulher enciumada, "esfaqueei a Japa"; veja vídeo

Polícia

Policial militar é morto por policial civil após esbarrarem um no outro em bar, no DF, veja vídeo

Polícia

Cuidadora é presa por estuprar paciente com paralisia; vítima denunciou com ajuda dos olhos

Assine nossa newsletter e receba nosso boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *