Para seus contatos
Read Time1 Minute, 20 Second

Andrezza Montovani disse em vídeo ter feito para que as vizinhas “largarem de ser idiotas e fofoqueiras”

Uma advogada e digital influencer é investigada pelo Ministério Público do Paraná (MPPR) após publicar um vídeo com uma brincadeira com o novo coronavírus, enquanto aguardava o resultado do exame para covid-19. Nele, Andrezza Mantovani diz que deu “uma tossidinha de trinco em trinco” na porta das vizinhas para “largarem de ser idiotas e fofoqueiras”.

Além do investigação, ela ainda perdeu contratos com marcas que a patrocinavam, informa o UOL.

No vídeo intitulado “lambi os trincos todos”, segundo o Ministério Público, a advogada e digital influencer se diz “podre” em alusão à suspeita de infecção por covid-19. A jovem reside em Cascavel, a 499 km de Curitiba. O processo tramita desde anteontem na 1ª Vara Especial Criminal de Cascavel.

No mesmo dia, o juiz Osvaldo Alves da Silva determinou que a Secretaria Judiciária marcasse uma audiência para ouvir a advogada, o que ainda
não tem previsão.

Nas redes sociais, a jovem de 28 anos se identifica como “Japa Mantovani” e divide com mais de 80 mil seguidores no Instagram a rotina de advogada e apresentadora de TV de um programa local.

Para o promotor de Justiça Ângelo Ferreira, a condição de popularidade da advogada nas redes sociais pode provocar duas reações a partir do vídeo, com ambas “criando situação de pavor”. A primeira seria o “efeito manada” que o vídeo poderia causar “em tempos de pandemia do novo coronavírus” em razão do “poder de influência” da advogada no ambiente digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *