Faça parte de nossos grupos de Whatsapp

Brasil

Jogador de base escapou do incêndio no CT do Flamengo, “pulou do beliche”

Segundo o pai, adolescente de 14 anos chegou no alojamento rubro-negro na última segunda-feira após ser aprovado pelo clube

O jovem Caike Duarte Pereira da Silva, de 14 anos e natural de Americana (interior de São Paulo), está entre os sobreviventes do incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro na manhã desta sexta-feira (8).

Dez pessoas morreram (seis jogadores da base e quatro funcionários), mas ele conseguiu escapar ao “pular da beliche”, segundo relatou o pai do atleta ao G1.

– Ele falou que acordou, estava inalando fumaça, pulou da beliche, ele dormia em cima. Saiu no meio da fumaça e, graças a Deus, conseguiu sair – conta Renato Pereira da Silva, pai de Caike Duarte Pereira da Silva.

Por orientação do clube, Silva não deu mais detalhes da localização do menino, mas afirmou que o filho está em segurança. Ele e a mãe do jogador devem viajar para o Rio ainda nesta sexta.

As instalações do Ninho do Urubu, localizado na Zona Oeste do Rio, foram atingidas pelo fogo durante a madrugada. Na área dormiam jogadores entre 14 e 17. Além das vítimas fatais, três adolescentes ficaram feridos.

– A gente não espera, é inesperado isso. Meu filho está bem, mas nós vimos as imagens e foi feio. Foi por Deus mesmo que ele escapou.

Chegou na segunda

Renato disse que o filho chegou no alojamento na última segunda-feira para se integrar à base rubro-negra em definitivo. Ele mesmo levou o garoto para o Centro de Treinamento, mas não soube precisar se a cama do filho ficava próxima da saída do local.

Na rede social do menino, fotos postadas por ele mostram a alegria de ter sido selecionado para atuar no Flamengo.

– A chave da felicidade é sonhar, a chave do sucesso é tornar os sonhos realidade – escreveu em uma postagem de 26 de janeiro.

Postagem de Caike nas redes sociais  — Foto: Reprodução Redes Sociais

Postagem de Caike nas redes sociais — Foto: Reprodução Redes Sociais

Cria do Rio Branco

Caike tem carreira no futebol desde criança. Foi da equipe do Rio Branco, em Americana, onde mora a família, desde os 9 anos. Ele ficou lá até participar da peneira do Flamengo.

O gestor de base do Rio Branco, Éder Duarte, disse à EPTV, afiliada da TV Globo, que o garoto ganhou mais visibilidade após disputar o Campeonato Paulista Sub-13 no ano passado, quando ocorreu a seleção de atletas para o clube carioca.

Para ir para o alojamento rubro-negro, o atleta precisa ter 14 anos completos, e Caike aguardava esse momento. Completou a idade em 10 de janeiro. Quatro jovens atletas do Rio Branco participaram da peneira, mas só Caique foi selecionado.

Globo Esporte

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria e assessoria.
Related posts
Brasil

Artistas e produtores analisam mudanças na Lei Rouanet

Brasil

Arrecadação tem queda de 0,58% em março, informa a Receita Federal

Brasil

Professores do AM estão em greve desde o dia 15 e prometem manifestações nesta segunda, 22

Brasil

Bombeiros encontram corpo da última vítima desaparecida na Muzema, o prédio dos milicianos

Assine nossa newsletter e receba nosso boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Worth reading...
Seis jogadores e quatro funcionários são as vítimas do incêndio no CT do Flamengo