Jovem de 17 anos que saiu de Porto Velho, é presa no aeroporto de Brasília com 16 pacotes de maconha

Compartilhe
Read Time1 Minute, 13 Seconds

Pelo menos 5 mulheres jovens, da região Norte, foram presas pela PF em março no terminal

A Polícia Federal apreendeu, nesta quarta-feira (27), uma adolescente com 17 quilos de skunk – uma versão potencializada da maconha – no Aeroporto Internacional de Brasília. A jovem embarcou em Porto Velho (RO) e fez escala no DF.

Segundo a PF, a droga estava na mala da jovem de 17 anos. Ela contou à policia que levaria o entorpecente para Salvador (BA). Ao todo, havia 16 tabletes de skunk na bagagem.

De acordo com os policiais, a droga não foi detectada na capital de Rondônia. Somente após o pouso, no Distrito Federal, os agentes identificaram a substância pelo aparelho de raio-X. Ao revistar a bagagem, a suspeita de substância ilegal foi confirmada, informou o G1.

A jovem foi encaminhada à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, onde deve ficar à disposição da Vara da Infância e da Juventude.

O caso da adolescente apreendida nesta quarta-feira foi, pelo menos, o quinto descoberto pela Polícia Federal no Aeroporto de Brasília, no mês de março, que envolve mulheres jovens vindas da da região Norte.

A “supermaconha” é resultado de cruzamento entre espécies distintas da planta. Com a variação genética, o skunk é obtido com a concentração maior do tetraidrocanabinol (THC).

De janeiro a março deste ano, cerca de 22 quilos da droga foram apreendidos no Aeroporto Internacional de Brasília.

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Close