Jovem é presa suspeita de planejar morte do marido com a ajuda do ex para receber seguro

Read Time1 Minute, 46 Seconds

Gerente de empresa foi morto em março deste ano em Sorriso. Investigações apontam que o crime teve motivação passional e a viúva seria beneficiada com o seguro da vítima e outros patrimônios

Duas pessoas foram presas na manhã desta terça-feira (20) suspeitos de envolvimento na morte de Mário Felipe Gualberto Abreu, de 28 anos, assassinado a tiros na frente de casa quando chegava do trabalho, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá.

O crime ocorreu no dia 22 de março deste ano.

De acordo com a Polícia Civil, foram presos Thaynara Carolyne Delneiro de Moraes, de 21 anos, e Sidnei Vicente Verginio, de 26 anos. Thaynara era casada com Mário e é ex-mulher de Sidnei.

Thaynara ficou com o seguro

Segundo o delegado Nilson Farias, os dois negam o crime.

No entanto, as investigações apontam que o crime teve motivação passional e a viúva seria beneficiada com o seguro da vítima e bens patrimoniais do jovem.

O ex-marido dela, de acordo com a Polícia Civil, teria planejado e executado o assassinato da vítima.

Mário Felipe Gualberto Abreu, de 28 anos, foi morto a tiros em Sorriso — Foto: Facebook/Reprodução

A suspeita é que Thaynara, mesmo casada, continuava se relacionando com o ex-marido.

“Ela foi beneficiada financeiramente. As investigações apontam que havia ainda um relacionamento entre a mulher e ex-marido”, comentou.

Sidnei Vicente Verginio, de 26 anos, planejou e executou o crime em Sorriso — Foto: Arquivo pessoal

Sidnei teria feito ameaças ao jovem e dado um ‘prazo’ de 24 horas para que o marido deixasse Thaynara.

“Ele [Sidnei] achava que ela ainda era dele. A esposa tentou, por diversas vezes, atrapalhar as investigações, inclusive pediu para outras pessoas fazerem denúncias anônimas para atrapalhar a polícia”, completou o delegado.

Nilson Farias, delegado responsável

Mário era gerente de uma empresa e tinha um seguro de vida e patrimônio.

Com a morte do marido, a viúva seria beneficiada com o recebimento do seguro. Depois da morte, Thaynara teria insistido em colocar o nome dela em documentos para poder receber o seguro.

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close