Faça parte de nossos grupos de Whatsapp

Polícia

Jovem é preso suspeito de namorar três mulheres ao mesmo tempo para pegar dinheiro delas

Vitimas tiveram prejuízo que ultrapassa R$ 20 mil. Segundo a polícia, ele chegava a prometer se casar com elas

Um jovem de 27 anos foi preso suspeito de namorar três mulheres ao mesmo tempo, iludi-las com promessas de casamento e aplicar golpes para conseguir dinheiro, em Formosa (GO). As vítimas procuraram a polícia após verem uma publicação na rede social denunciando o rapaz. Prejuízo ultrapassa R$ 20 mil.

As investigações começaram em novembro de 2018. As vítimas têm 21, 23 e 39 anos. De acordo com a polícia, os relacionamentos duravam de 15 dias a cinco meses. Com uma das vítimas, ele chegou a morar junto por alguns meses.

De acordo com a polícia, o suspeito usava redes sociais e aplicativos de mensagens para se aproximar e seduzir as vítimas. Ele prometia que se casaria com elas e que os dois viveriam juntos. A partir do momento que ele ganhava a confiança das vítimas, começava a pedir dinheiro a elas e até mesmo que vendessem bens, como motos, celulares e até joias.

“O autor pedia dinheiro usando várias desculpas, como estar comprando uma casa para o casal e precisava pagar taxas, precisava de dinheiro para conseguir a guarda da filha, que tinha que pagar por equipamentos, como computador, para estudar para o Enem”, disse a delegada Fernanda Lima.

A Polícia Civil chegou a pedir a prisão do homem, mas ele estava foragido desde então. Ele só foi encontrado após preso em flagrante na sexta-feira (15) suspeito de furto em Planaltina. Agora, ele também vai responder pelo crime de estelionato.

“Em interrogatório ele confirmou manter relacionamento com as três mulheres ao mesmo tempo e confessou ter pedido dinheiro a elas, sem nunca ter pago de volta”, completou a delegada.

G1/GO

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria e assessoria.
Related posts
Polícia

Homens que assaltaram joalheria em Aparecida de Goiânia são mortos em confronto com a polícia

Polícia

Antes de ser assassinada, professora temia pela segurança de amigos e reclamou da burocracia policial; ouça o áudio

Polícia

Ex-marido que matou professora à pauladas em Candeias pagou R$ 4 mil para ser solto; delegados se defendem

Polícia

No Paraná, alegando bulling, homem invade pensionato, ataca estudantes e deixa uma pessoa morta

Assine nossa newsletter e receba nosso boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Worth reading...
Após 40 anos de casados, ex-marido mata mulher a tiros e depois comete suicídio