Mais de 40 mil micro e pequenas empresas estão inadimplentes em RO

Read Time1 Minute, 40 Seconds

Em porcentagem, dívidas dos comércios cresceram mais do que Rio de Janeiro e Distrito Federal. Fraco desempenho da atividade econômica motivou aumento de dívidas

Mais de 40 mil micro e pequenas empresas (MPEs) de Rondônia estão inadimplentes, segundo dados publicados nesta semana pelo Serasa Experian. O estado é o quinto da Região Norte com mais instituições em débitos.

Em Rondônia, a inadimplência das micro e pequenas empresas cresceu 6,7% entre março de 2018 e março de 2019. No ano passado eram 38.128 CNPJs negativados; já no mesmo período deste ano são 40.668.

Em porcentagem, as dívidas dos comércios rondonienses cresceram mais do que no Rio de Janeiro (13,5%) e Distrito Federal (8,3%), durante um período de 12 meses.

O motivo do aumento da inadimplência, segundo o Serasa, se deve ao fraco desempenho da atividade econômica durante o primeiro trimestre acabou por não favorecer a ampliação da geração de caixa das empresas. Esse fator e a alta da inflação foram os responsáveis pelo aumento do número de micro e pequena empresas com dívidas atrasadas e negativadas.

Setores que lideram as dívidas

Serviços, que representa 48% do total em março deste ano, foi o setor que mais deixou de pagar as contas em dia, com alta de 11,6%, na comparação com março de 2018. A indústria (8,4% de participação) vem na sequência, com aumento de 3,2%, e o comércio (43,2% de participação) com crescimento de 2,8% no comparativo anual.

Números recordes no Brasil

O número de empresas inadimplentes de todos os portes também bateu recorde no Brasil e atingiu 5,7 milhões. Este é o maior número de série histórica – superando o de fevereiro de 2018, que foi de 5,6 milhões (alta de 0,8%). Quando comparada com março de 2018, o volume foi 4,5% maior.

Somente três estados apresentaram queda nas dívidas das empresas: Alagoas (-0,8%), Piauí (-1,6%) e Rio Grande do Norte (-0,6%).

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close