Marido da deputada Flordelis foi alvejado com pelo menos 30 tiros, revelou laudo

Compartilhe
Read Time1 Minute, 23 Seconds

O corpo do pastor Anderson Carmo Souza, marido da deputada federal Flordelis (PSD), morto na madrugada de domingo (16), pouco depois de voltar para casa, em Niterói, Região Metropolitana do Rio, tem 30 marcas de tiros no total. A informação consta do laudo do Instituto Médico Legal (IML) e foi divulgada pelo G1.

Dos 30 disparos, a maior parte está concentrada no abdome: oito no total. A análise permitiu identificar um tiro de entrada que foi dado junto à orelha direita do pastor Anderson, à curta distância, o que para os investigadores indicaria que o criminoso tinha a intenção de matá-lo.

Segundo o perito, o exame apontou “30 perfurações irregulares” no corpo do pastor.

“Devido à multiplicidade dos disparos não foi possível determinar quais lesões seriam de entrada e quais seriam de saída”, escreve o perito.

Investigação do crime

Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói prenderam, no início da tarde desta segunda-feira (17), um dos filhos da deputada Flordelis e do pastor Anderson do Carmo Souza, morto na madrugada deste domingo (16), quando chegava em casa.

Segundo a polícia, o filho da deputada tinha um mandado de prisão em aberto por violência doméstica. A identidade dele ainda não foi divulgada.

O rapaz foi preso durante o enterro de Anderson no cemitério Memorial Parque Nycteroy, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, no início da tarde. A deputada Flordelis e o pastor têm 55 filhos, a maioria adotados.

Desde a manhã desta segunda, a polícia investigava se alguém próximo ao casal havia praticado o crime.

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Close