Meghan Markle e Harry não levaram o filho para Inglaterra para que não seja contagiado pela “negatividade e tensão”

Para seus contatos
Read Time1 Minute, 3 Second

Meghan Markle e Harry não levaram o filho na última viagem a Inglaterra.

Meghan Markle e o príncipe Harry estiveram recentemente no Reino Unido para cumprirem os últimos atos oficiais como membros sênior da família real britânica e um dos detalhes que mais gerou controvérsia foi o fato de não estarem acompanhados pelo filho Archie, de 10 meses.

A decisão foi bastante criticada, uma vez que o bebê está afastado da realeza há vários meses. A rainha Elizabeth II, por exemplo, não tem contato com o bisneto desde o ano passado.

Agora, fontes da revista Us Weekly revelam que os duques de Sussex não querem que o filho esteja no Reino Unido para que não seja contagiado pela “negatividade e tensão” com que os pais lidaram nos seus últimos meses em Inglaterra.

“O príncipe sabe o que é crescer sob a luz dos holofotes” e não quer que o filho passe pelo mesmo. Teoria que vai de encontro ao que os duques de Sussex têm defendido ao longo dos últimos tempos.

No início do ano, depois de cerca de um mês e meio no Canadá, Meghan e Harry expressaram a sua vontade em se afastarem do núcleo protocolar da realeza para viveram uma vida pacata no outro lado do oceano.