Membro do PCC é achado morto em presídio inaugurado há 40 dias em RO

Compartilhe
Read Time1 Minute, 2 Seconds

Unidade em Porto Velho recebeu os presos em junho. Causa da morte será apurada

Um detento de 27 anos, identificado como Iago Renan da Silva, foi encontrado morto dentro da cela onde cumpria pena no presídio Jorge Thiago Aguiar Afonso, em Porto Velho. O caso aconteceu na madrugada desta quinta-feira (25). A penitenciária onde ocorreu a morte tem capacidade para 600 presos e foi inaugurada em 15 de junho de 2019.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o chefe da segurança na unidade relatou que ouviu os apenados batendo nas celas para avisar da morte de Iago. Na mesma cela estavam outros sete apenados.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e constatou a morte do preso.

A Delegacia Especializada em Delitos Cometidos no Sistema Penitenciário da Polícia Civil vai investigar as circunstâncias da morte do preso.

De acordo com um dos processos que tramitam no Tribunal de Justiça (TJ-RO) com Iago como parte, ele integrava a organização criminosa conhecida como PCC.

Em outubro de 2018, ele foi beneficiado com a progressão de regime e passou a cumprir pena no semiaberto, mas voltou ao regime fechado em abril deste ano após fugir e ser recapturado.

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close