Faça parte de nossos grupos de Whatsapp

Regional

Metade da cúpula do PCC está em Rondônia

Nos dois primeiros meses, eles permanecerão totalmente isolados. A previsão é que permaneçam nos presídios federais por 360 dias

O presídio federal de Porto Velho, localizado numa região de mata densa, na BR-364, recebeu 12 dos 22 líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) na transferência ocorrida em fevereiro deste ano. Entre eles está o chefe máximo da facção criminosa, Marco Willians Herbas Camacho. A informação é do UOL, com base em levantamento feito na ficha individual dos criminosos.

Os demais presos transferidos na ocasião foram para presídios federais no Rio Grande do Norte (7)  e Brasília (3). Marcolinha, irmão mais novo de Marcola, está no Distrito Federal.

Marcola está no presídio federal em Porto Velho

Todos os 22 criminosos estavam em presídios de Presidente Venceslau (SP) e Presidente Bernardes, também em São Paulo. Eles foram transferidos quando se descobriu um plano de fuga de Marcola.

Nos dois primeiros meses, eles permanecerão totalmente isolados. A previsão é que permaneçam nos presídios federais por 360 dias.

Segundo a reportagem do UOL, assinada pelos repórteres Luís Adorno, Aiuri Rebello e Flávio Costa, estão no presídio federal de Porto Velho: 

Marco Willians Herba Camacho (Marcola)

Lourivaldo Gomes Flor (Louro)

Pedro Luís da Silva Moraes (Chacal)

Alessandro Garcia de Jesus Rosa (Pulft)

Fernando Gonçalves dos Santos (Colorido)

Patric Velinton Salomão (Forjado)

Lucival de Jesus Feitosa (Val do Bristol)

Cláudio Barbará da Silva (Barbará)

Almir Rodrigues ferreira (Nenê de Siminone)

Reginaldo do Nascimento (Jatobá)

Com Tudorondonia

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria e assessoria.
Related posts
Regional

Mulher é acusada de desligar aparelho de oxigênio do pai, em Vilhena, "quero dar um fim ao sofrimento dele"

Regional

Polícia Militar de Rondônia inova mais uma vez e prende jovem que portava moeda de R$ 1 furada por "destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia".

Regional

Em Rondônia, 79 pessoas foram assassinadas nos dois primeiros meses de 2019

Regional

Professor aposentado de 71 anos é preso suspeito de abusar de 2 crianças em Vilhena

Assine nossa newsletter e receba nosso boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Worth reading...
Cheia do rio Madeira já atinge mais de 6 mil pessoas em Porto Velho