Metade das passagens vendidas em promoção da Gol foi para agências, diz Procon

Compartilhe
Read Time1 Minute, 17 Second

Quase metade das passagens aéreas vendidas pela Gol em promoção na terça (18) foi para agências de viagem ou turismo, segundo divulgou o Procon-SP nesta quarta-feira (26), após notificação

Foram 167 bilhetes comercializados, sendo 89 deles atrelados a empresas do ramo, como o ViajaNet (32 passagens) e CVC (24 passagens).

Em parceria com a Brahma, a ação divulgou a venda de tíquetes por R$ 3,90 (mais taxa de embarque) para alguns países que participam da Copa América e ocorreu durante a partida entre Brasil e Venezuela.

“O Procon-SP entende que a companhia aérea deveria ter implementado medidas que assegurassem que a promoção ficasse restrita ao consumidor final, que tem sua vulnerabilidade reconhecida pela lei”, diz em nota.

Para a entidade que defende os direitos do consumidor, “os fornecedores possuem recursos tecnológicos e estrutura que podem facilitar o acesso ao procedimento de compra durante a promoção.”

Ainda segundo o Procon, a Gol informou que as vendas aconteceram das 21h33 às 22h25. “Chama a atenção o fato de muitos consumidores terem ligado 21h30 e não terem conseguido efetuar a compra, sendo que outros fizeram a compra às 22h25.”

Os números de bilhetes vendidos também causou estranheza ao órgão. Segundo ele, a empresa informou que foram disponibilizados 140 passagens promocionais, mas vendeu 167 em menos de uma hora.

O Procon informa que “a equipe de fiscalização conduzirá uma apuração mais aprofundada e adotará medidas e sanções com base no Código de Defesa do Consumidor.”

Procurada, a Gol não respondeu até a publicação do texto.

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Close