Michael Schumacher é hospitalizado em Paris para ‘tratamento sigiloso’

Compartilhe
Read Time1 Minute, 12 Seconds

A família e o staff do ex-piloto, de 50 anos, não quiseram se pronunciar

O alemão Michael Schumacher, heptacampeão do mundo de Fórmula 1, foi internado no hospital Georges-Pompidou, em Paris, neste segunda-feira, para realizar “um tratamento no mais alto sigilo”, segundo o jornal francês “Le Parisien”.

Contactado pela AFP, o hospital “nem confirmou, nem negou” esta informação, que é protegida pela confidencialidade entre paciente e médico.

A família e o staff do ex-piloto, de 50 anos, não quiseram se pronunciar.

Segundo as informações do jornal francês, Schumacher foi admitido na unidade de supervisão contínua do serviço de cirurgia cardiovascular do professor Philippe Menasché, “pioneiro em terapia celular para tratar insuficiência cardíaca”.

O alemão está recebendo “injeções de células-tronco que são transmitidas no organismo no objetivo de realizar uma ação anti-inflamatória sistêmica, ou seja, em todo o organismo”, explica o Le Parisien.

“O tratamento deverá começar nesta terça-feira pela manhã, o paciente deverá deixar o hospital na quarta-feira”, continuou o jornal, que garante que Schumacher já teve duas passagens pelo hospital Georges-Pompidou no ano passado.

Schumacher não é visto em público desde que sofreu um traumatismo craniano após um acidente de esqui em 29 de dezembro de 2013 em Méribel, nos Alpes franceses. Desde então, pouquíssimas informações foram reveladas sobre seu estado de saúde.

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close