Funkeira resolveu usar sua conta oficial do Instagram para abordar o assunto; Em sua publicação, Mirella recebeu apoio de fãs e cantores

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou uma investigação sobre a participação da  funkeira MC Mirella em uma suposta prática de tráfico internacional de crianças e adolescentes para fins sexuais. Em seu perfil do Instagram, a artista respondeu alguns fãs seguidores e compartilhou um postagem que pode servir como resposta para toda situação.

“Enquanto Deus for meu chão não há quem me derrube”, escreveu MC Mirella , que recebeu apoio de fãs e outros MC’s.

Há cerca de uma semana, no último sábado (13), uma jovem de 17 anos relatou, nas redes sociais, uma suposta conversa com a cantora, que teria ocorrido em novembro de 2017, quando ela ainda tinha 16 anos. A conversa gerou o imbróglio que investigado pelo MPF .

Por meio do recurso stories do Instagram , que permite que as publicações fiquem disponíveis apenas 24 horas, MC Mirella ainda compartilhou alguns prints para comprovar sua inocência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *