Faça parte de nossos grupos de Whatsapp

Regional

Nível do rio Madeira sobe para 17,29 metros e atinge a EFMM

Acervo histórico tombado pelo Poder Público Federal, a Estrada de Ferro Madeira Mamoré – EFMM, é um dos maiores exemplos de descaso com o patrimônio cultural dentro da cidade de Porto Velho.

A falta de segurança nos setores mais próximos da área urbana, aliado aos constantes desbarrancamentos e sedimentações às margens do rio Madeira nos últimos anos, fizeram com que peças históricas fossem furtadas ou desparecessem do sítio histórico.

Com a elevação do nível do rio Madeira se tornando uma constante nestes últimos dias, mais uma vez todo acervo está em risco.
Na manhã desta quarta-feira (6) a Delegacia Fluvial de Porto Velho registrou a marca de 17,29 metros de nível no rio Madeira. A água já alcançou o galpão de máquinas e a oficina das locomotivas.

O repórter William Ferreira esteve no local e registrou a atual situação da área, onde é possível observar que nem mesmo o enrocamento de pedras colocados à margem para conter o avanço da água foi suficiente para impedir o transbordamento na área.

De acordo com as normativas federais, uma ação de prevenção do material histórico deve ser realizada pelas autoridades competentes. Uma grande obra de revitalização da Madeira Mamoré foi anunciada pela prefeitura de Porto Velho e deverá custar mais de R$ 30 milhões.

Fonte: Rondoniaovivo

Related posts
Regional

PF deflagra "Arquimedes", prende ex-superintendente do IBAMA e investiga corrupção em RO e 7 estados

Regional

Mulher é acusada de desligar aparelho de oxigênio do pai, em Vilhena, "quero dar um fim ao sofrimento dele"

Regional

Polícia Militar de Rondônia inova mais uma vez e prende jovem que portava moeda de R$ 1 furada por "destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia".

Regional

Em Rondônia, 79 pessoas foram assassinadas nos dois primeiros meses de 2019

Assine nossa newsletter e receba nosso boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *