Faça parte de nossos grupos de Whatsapp

Economia

No Acre, consumidores registram aumento de até 120% nas contas de energia elétrica

Após batalha judicial, foi autorizado aumento de até 21%. Assunto virou meme nas redes sociais e foi alvo de muitas reclamações

Desde janeiro deste ano, a fatura da conta de energia ficou mais salgada para o bolso do acreano. Após uma batalha judicial, um reajuste de 21,29% foi autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Com isso, moradores de muitos bairros da capital acreana, Rio Branco, estão reclamando sobre o aumento na conta de luz nos últimos dois meses. O aumento, em alguns casos, passa dos 100%.

Uma das reclamações é da jornalista Lília Camargo, que mora no bairro Esperança, em Rio Branco. A conta de luz dela, que em fevereiro foi de R$ 92,72, chegou a R$ 204,34 em março, ou seja, um aumento de 120% no período de um mês.

“Achei um absurdo, porque passo o dia fora de casa, não coloquei nada de novo de eletrodoméstico, ou algo do gênero, que aumentasse meu consumo e o valor da conta duplicou. Pago com a garantia de que estão me roubando. Se não pagar, eles cortam. Ficamos reféns”, reclamou a jornalista.

Conta de energia registra reajustes abusivos

Conta mais cara, sem aumento de consumo

História parecida tem o cinegrafista Moisés Santos, de 33 anos, morador do bairro Nova Esperança. A conta de luz dele aumentou 85% e ele garante que não usou mais energia.

“Sou acostumado a pagar a luz aqui em casa na média de R$ 80 a R$ 90. Em fevereiro já veio R$ 108,29 e quando foi na leitura de ontem [segunda, 11], fiquei assustado, porque aumentou mais ainda e veio R$ 200,41. Aqui em casa é só a geladeira, televisão, ventilador e máquina de lavar. Só coisa básica mesmo. Então, acho um absurdo pagar esse valor para o que a gente consome”, afirmou Santos.

O cinegrafista contou que chegou a postar uma foto das contas de luz em uma rede social com a reclamação. “Pensei que era só eu, mas muitas pessoas também estão reclamando. Umas dizem que aumentou R$ 100 reais na conta, outras que aumentou R$ 200”, disse.

Morador do bairro João Eduardo I, o agente penitenciário Esmaily Santana, de 30 anos, não sabe explicar o aumento de consumo de 343kW para 405kW. Segundo ele, como o valor da conta de luz de fevereiro já tinha sido mais alto que o mês anterior, a família estava economizando ainda mais.

“A gente estava economizando bastante esse mês e, mesmo assim, veio esse absurdo. Sinceramente, não sei de onde veio esse aumento do consumo”, reclamou o agente que teve um aumento de 39% na conta de energia, passando de R$ 292,90 fevereiro para R$ 407,42 em março.

Em um meme, a página faz referência de que o valor cobrado nas contas de energia é um verdadeiro assalto. — Foto: Reprodução/Facebook
Em um meme, a página faz referência de que o valor cobrado nas contas de energia é um verdadeiro assalto. — Foto: Reprodução/Facebook

Repercussão nas redes

Ainda nesta quinta, uma página de humor acreana faz sátira com as reclamações que têm sido comuns nas redes sociais.

Em um meme, a página faz referência de que o valor cobrado nas contas de energia é um verdadeiro assalto. “Todos que estão se sentindo prejudicados deveriam entrar na Justiça pra pelo menos dar trabalho pra esses assaltantes”, ironiza a postagem.

Em nota, a Eletroacre disse que nenhum consumidor teve aumento superior a 19,82%. “O efeito médio do reajuste, incluindo clientes de alta-tensão, foi de 21,29%!”, conclui a distribuidora.

Nos casos em que o aumento ultrapassa esse reajuste, a empresa diz que fica à disposição para estudar o caso e avaliar a unidade consumidora.

“A empresa reitera que, diferentemente do que está sendo noticiado, não há nenhum reajuste de tarifa programado para julho de 2019. A Eletroacre, assim como toda empresa concessionária de distribuição de energia no país, tem um calendário anual pré-definido de reajustes, previsto no contrato de concessão. No caso do Acre sempre no dia 13/12”, enfatiza a nota.

Consumidores dizem que até tentaram economizar, mas a conta subiu além do que esperavam  — Foto: Arquivo pessoal
Consumidores dizem que até tentaram economizar, mas a conta subiu além do que esperavam — Foto: Arquivo pessoal

Reajuste

Em janeiro deste ano, a Justiça Federal derrubou a liminar que suspendia o reajuste da energia elétrica do Acre.

Com a decisão, o aumento no valor da fatura de energia passou a ser reajustado no dia 29 de janeiro deste ano. Isso após o Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF1) decidir derrubar a liminar das Defensorias Pública do Acre e da União.

G1/AC

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria e assessoria.
Related posts
Economia

Caixa registra lucro líquido de R$ 3,92 bilhões no primeiro trimestre

Economia

Governo libera trabalho aos domingos e feriados impacta principalmente o comércio; veja o que muda para trabalhadores

Economia

Desfile marca encerramento do curso de Costureiro em Pimenta Bueno

Economia

Combustível na reserva pode virar prejuízo

Assine nossa newsletter e receba nosso boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Worth reading...
BBB da vida real: Loja de Porto Velho cria prova de resistência valendo cama para clientes