Órgão diz que requisitou instauração de inquérito policial para apurar suposto crime de tentativa de homicídio. Caso ocorreu na madrugada de quinta-feira (27), no bairro Manoel Julião

Um morador de rua que dormia na calçada de uma igreja na Rua Maracanã, no bairro Manoel Julião, em Rio Branco, levou o maior susto na madrugada desta quinta-feira (27). É que o motorista de uma caminhonete acaba atingindo ele no momento em que dava uma ré.

As imagens de câmeras de segurança foram enviadas à Rede Amazônica Acre e exibidas no Jornal do Acre 1ª edição. No vídeo, o motorista erra o percurso ao entrar em uma rua de sentido único.

O morador aparece deitado coberto com um lençol em uma calçada da rua, em frente de um estabelecimento. Ao perceber que estava na contramão, o motorista da caminhonete dá ré, sobe na calçada e vai em direção ao homem.

O pastor da igreja Gilberto Cabral conta que foi avisado que o veículo tinha entrado no local às 4h da manhã. “Eu tava dormindo quando me ligaram dizendo que um carro tinha entrado aqui. Corri pra cá e vi essa situação. A minha preocupação maior não foi nem com os bens materiais, mas com o José Penha, morador de rua. As imagens mostram que o motorista quase mata o cidadão”, lamentou.

Cabral diz que o morador de rua foi levado ao pronto-socorro para receber atendimento. Ele registrou um boletim de ocorrência na delegacia na tentativa de que a polícia localize o motorista do carro.

A parte traseira do carro entrou no estabelecimento e quebrou parte da parede. O morador se assusta, levanta e caminha para longe do carro.

As imagens detalham que havia duas pessoas dentro do carro, mas nenhuma delas desce para prestar assistência ao homem. O carro sai da calçada, para do outro lado da rua por alguns segundos e segue viagem.

Motorista em caminhonete dá ré e atinge morador de rua em Rio Branco

MP quer investigação

O Ministério Público do Acre (MP-AC) pediu que a Polícia Civil instaure um inquérito policial para investigar suposto crime de tentativa de homicídio.

O pedido foi feito por meio do Núcleo de Apoio e Atendimento Psicossocial (Natera) e da titular da 3ª Procuradoria Criminal, promotora Patrícia Rêgo.

Carro invadiu igreja e quebrou a parede — Foto: Reprodução Rede Amazônica Acre

O delegado Fabrízzio Sobreira, da delegacia da 4ª Regional, responsável pela área onde ocorreu o caso, disse que ainda não foi noticiado e que não iniciou as investigações.

“Ainda não recebi formalmente mas, de posse da informação, já vou verificar e, com certeza, vamos apurar as circunstâncias e quem é esse indivíduo”, disse.

Com G1/AC