No Paraná, bailarina é encontrada morta com sinais de violência sexual

Compartilhe
Read Time1 Minute, 41 Second

Corpo de jovem de 25 anos foi encontrado, no domingo (26), na área rural de Mandaguari. A Polícia Civil investiga o caso

O corpo de uma bailarina foi encontrado no domingo (25) na área rural de Mandaguari, no norte do Paraná, com sinais de violência sexual, de acordo com a Polícia Civil.

Maria Glória Poltronieri Borges tinha 25 anos. Além de bailarina, ela era estudante universitária.

O corpo da jovem foi encontrado no começo da noite de domingo perto de uma cachoeira e levado ao Instituto-Médico Legal (IML) de Maringá, também no norte do estado.

Segundo o IML, Maria Glória foi morta por asfixia. A Polícia Civil de Maringá investiga o caso.

Maria Glória foi encontrada morta em uma trilha — Foto: Arquivo Pessoal/Família

O delegado Zoroastro Neri do Prado contou que, no sábado (25), a mãe de Maria Glória a levou até uma chácara que fica perto da cachoeira. A jovem ficou sozinha no local, conforme o delegado.

A mãe acabou perdendo o contato com ela e voltou com a família no domingo para procurá-la. Ainda de acordo com o delegado, a irmã encontrou o corpo da bailarina em uma trilha que fica a cerca de 30 metros da cachoeira.

O delegado afirmou que está ouvindo pessoas e que, até o momento, não se sabe quem é o autor do crime.

“Não podemos descartar nenhuma possibilidade. Assim que possível vamos ouvir os familiares e também pessoas que participaram de um treinamento da Defesa Civil que ocorreu no local no sábado”, destacou o delegado.

O velório de Maria Glória ocorre nesta segunda-feira (27), em Maringá. Ela vivia na cidade junto com a família. Com G1

+destaques

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Close