No Paraná, polícia encontra celular de mulher morta com 25 facadas escondido em muro

Compartilhe
Read Time1 Minute, 54 Second

Segundo a Polícia Civil, aparelho foi escondido pelo marido dela, suspeito de ter cometido o crime.

Um celular de Jaciara Kogler, morta com 25 facadas em Sarandi, no norte do Paraná, foi encontrado escondido em um muro. O vídeo que mostra policiais encontrando uma sacola com o aparelho e documentos da vítima foi divulgado pela Polícia Civil na quinta-feira (23). 

De acordo com a investigação, o celular foi escondido no local pelo marido dela, Murilo Barbosa, apontado pela polícia como suspeito de ter cometido o crime.

Marido chegou a consolar a sogra durante o enterro da mulher

O corpo de Jaciara, de 28 anos, foi encontrado esfaqueado no banheiro de casa no sábado (18). O marido dela foi preso na terça-feira (21) após a polícia ver imagens de câmeras de segurança que mostram o homem saindo do trabalho e dando carona para a vítima momentos antes do crime.

Segundo a polícia, Murilo confessou que cometeu o crime por ciúmes.

Investigação

De acordo com a investigação o celular de Jaciara estava desaparecido há mais de um mês, antes mesmo do crime acontecer.

Segundo a polícia, Murilo disse que pegou o celular porque estava desconfiado da esposa. Ele afirmou aos policiais que chegou a trocar mensagens com outra pessoa se passando por Jaciara.

Celular estava escondido em um muro de uma avenida de Maringá — Foto: Reprodução/RPC
Celular estava escondido em um muro de uma avenida de Maringá — Foto: Reprodução/RPC

O celular estava em um muro em uma avenida de Maringá, também no norte do estado, por onde Murilo passava diariamente para ir trabalhar.

No dia do crime, um outro celular da esposa também desapareceu. Até o momento, a polícia ainda não encontrou este outro aparelho. A faca usada no crime também não foi encontrada.

O que diz a defesa

Murilo está preso temporariamente na cadeia de Sarandi desde terça-feira.

A defesa pede para que ele responsa pelo crime em liberdade. Segundo os advogados do suspeito, ele corre risco dentro da cadeia. Via G1

+destaques

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
100 %
Close