Novo laudo da polícia confirma que moradores de rua morreram de overdose

Compartilhe
Read Time2 Minute, 4 Second

Quatro homens morreram na Praça Central de Barueri, na Grande São Paulo, após ingerirem bebida alcoólica misturada com cocaína, concluiu a polícia

Em novos laudos obtidos pelo jornal SP2 neste sábado (23), a polícia de São Paulo confirmou que a causa das mortes de quatro moradores de rua na Praça Central de Barueri, Grande São Paulo, foi overdose por conta da mistura de bebida alcoólica e cocaína.

Na última sexta-feira, o  Instituto de Criminalística de São Paulo já havia divulgado um laudo que mostra que a bebida usada em suposto envenenamento continha altas doses de cocaína .

No sábado, 16, um homem abordou sete pessoas na praça e entregou uma garrafa com bebida. Os homens, após tomarem o líquido, começaram a passar mal e morreram em poucos minutos. Imagens de câmera de segurança mostraram o momento.

Nos novos laudos, legistas encontraram mais do que 2 gramas de cocaína no sangue e órgãos de Denis da Silva Oliveira, de 33 anos, Luis Pereira da Silva, 49 anos, e Edson Sampaio da Silva, 40 anos, além da alta quantidade de álcool. Saudável, uma pessoa pode sofrer overdose com 1,2 gramas do entorpecente.

Os peritos também encontraram 51 miligramas de cocaína por mililítro da bebida, quantidade considerada muito alta.

Por ter prestado depoimentos contraditórios à polícia, um dos sobreviventes do caso teve a prisão decretada pela Justiça de São Paulo na última semana. Vinicius Salles , de 31 anos, deve ficar detido na delegacia de Carapicuíba, cidade vizinha de Barueri, por, pelo menos, 30 dias.

Outros três sobreviventes do grupo que tomou uma bebida supostamente envenenada tiveram alta na manhã desta quarta-feira. Eles estavam internados, em estado estável, no Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran desde o sábado.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Barueri , receberam alta as vítimas Silvia Helena Euripes, de 54 anos, Renilton Ribeiro Freitas, 43, e Sidnei Ferreira de Araújo Leme, 38.

LEIA TAMBÉM

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Close