Eles estavam presos a mil metros de profundidade e sobreviveram graças a um tubo de ventilação.

Os quatro funcionários presos após o desmoronamento de uma mina de carvão no Peru na última quinta-feira (31), foram resgatados com vida na noite deste domingo (3). Eles estavam presos a mil metros de profundidade e sobreviveram graças a um tubo de ventilação que não sofreu danos após o desmoronamento, informaram as autoridades.

De acordo com a REUTERS, os mineiros apresentavam quadro de desidratação porque só dois dias após o colapso na mina Pampahuay, que foi possível entregar água e alimentos através do tubo de ventilação.

Logo após o resgate, eles transferidos a um hospital da região, confirmou o ministro de Minas e Energia, Francisco Escodes, no Twitter.

Fonte: noticiasaominuto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *