Para seus contatos
Read Time2 Minute, 29 Second

No processo, protocolado em 9 de abril, os advogados dão detalhes íntimos sobre o relacionamento de Thiago Salvático e o apresentador

chef de cozinha Thiago Salvático, suposto namorado de Gugu Liberato, morto em novembro do ano passado após um acidente doméstico, entrou na Justiça com um processo de reconhecimento de união estável homoafetiva com o apresentador e partilha de bens acumulados durante o período em que estiveram juntos. As informações são do site Notícias da TV.

+ de 3,7 mil ouvintes. Confira nosso podcast 6 Minutos

A ação, protocolada na 9ª Vara de Família e Sucessões do Foro Central da Comarca de São Paulo, afirma que Thiago se relacionou com o apresentador por mais de sete anos, e que, em três anos, eles levaram uma vida conjugal.

No processo, protocolado em 9 de abril e adquirido pelo site, os advogados dão detalhes sobre o relacionamento com Gugu desde o dia em que se conheceram, em novembro de 2011, até a morte do apresentador.

Segundo o documento, Thiago e Gugu se conheceram em um voo entre São Paulo e Rio de Janeiro. Eles se sentaram lado a lado na viagem e conversaram durante o trajeto. Após o desembarque, trocaram e-mails mas, somente em fevereiro de 2012, trocaram mensagens.

Viagens

O documento ainda relata a primeira viagem do casal, para Milão, na Itália, em 2012. Eles se hospedaram em quartos separados e, antes de descerem para o jantar, deram o primeiro beijo. Ficaram poucos dias juntos e só voltaram a se encontrar em outubro do mesmo ano, desta vez na casa de Gugu, no condomínio em que vivia na cidade de Barueri (SP). Decidiram passar o fim de semana em Búzios (RJ) e viajaram com o avião particular do apresentador.

Segundo o site, foi anexado ao processo comprovantes das viagens que o casal fez. O processo lista mais de 40 destinos, como Espanha, Ilhas Maldivas, Dubai, Finlândia, Áustria, África do Sul, México e França. Além disso, fotos dos dois juntos também estão no processo.

O processo ainda consta com conversas de WhatsApp entre o casal, expondo apelidos carinhosos entre os dois, como Paxtel e Poxinha. O site afirma que, segundo o processo, o casal decidiu o status de relacionamento em novembro de 2016, em uma viagem para a Suíça.

O documento consta momentos íntimos do casal, como um aniversário do apresentador e a última viagem que fizeram juntos, para Singapura. Eles retornaram ao Brasil em 15 de novembro e, semanas depois, foi notificado por Nilton Mourra, motorista de Gugu, sobre o acidente doméstico que o matou.

Contas conjuntas

Thiago cita no documento que o casal compartilhava cartões de crédito e o chef de cozinha tinha todas as senhas pessoais do apresentador. Eles ainda tinham, segundo Thiago, investimentos em conjunto administrados por ambos. Eles também compartilhavam aplicativos, como o Playplus.

A defesa de Salvático pede uma indenização de R$ 100 mil e que os réus (filhos, sobrinhos, irmãos e mãe de Gugu) arquem com as custas processuais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *