PF investiga hackers que acessaram ilegalmente computadores da Caixa

Read Time1 Minute, 6 Seconds

Reportagem do Correio Braziliense revela que violação foi realizada por profissionais de TI de uma empresa que presta serviço de tecnologia ao banco público

O jornal Correio Braziliense revela que a Polícia Federal investiga funcionários de uma empresa de tecnologia da informação que acessara, sem autorização, computadores de funcionários da Caixa Econômica Federal. A violação da segurança do banco foi descoberta pela própria equipe de informática da instituição financeira e as informações foram repassadas à PF.

De acordo com informações obtidas com exclusividade pelo Correio, pelo menos dois analistas de TI da empresa que mantém um escritório em Brasília são suspeitos de terem instalado programas não autorizados e acessado computadores dos servidores da Caixa. As máquinas foram apreendidas nesta semana pelos investigadores e serão periciadas.

O trabalho de investigação tem como objetivo identificar quais dados e serviços foram acessados pelos hackers. O que chamou atenção das autoridades, é que a empresa de onde partiu o ato ilegal tem contrato formal com a Caixa – o que difere de ataques comuns que usam o meio virtual para acessar informações restritas ou prejudicar o sistema de empresas sem vínculo com o autor. 

LEIA A REPORTAGEM COMPLETA NO CORREIO

0 0
0 %
Happy
0 %
Sad
0 %
Excited
0 %
Angry
0 %
Surprise
Close