Painel Político

Revista, é uma editoria do site Painel Político, e apresenta notícias variadas sobre tecnologia, streaming, variedades, famosos, fatos do cotidiano no Brasil e no mundo.

Polícia britânica e alemã buscam informações sobre homem preso por suspeita no caso Madeleine McCann

Para seus contatos
Read Time2 Minute, 22 Second

Menina desapareceu em Portugal há 13 anos e seu paradeiro é um mistério para a polícia européia

Um homem de 43 anos que está preso na Alemanha e que viajou numa van por Portugal é novo foco da investigação da Scotland Yard sobre o desaparecimento da menina Madeleine McCann, ocorrido em 2007.

O destino de Madeleine continua sendo um mistério, apesar de uma enorme pesquisa internacional e cobertura da mídia que levou a avistamentos de todo o mundo.

A polícia britânica fez um novo apelo nesta quarta-feira – o mais recente de vários divulgados desde seu desaparecimento – como um “desenvolvimento significativo”.

Eles querem falar com qualquer pessoa que tenha informações relevantes sobre o homem que foi preso, a quem não mencionaram, ou os movimentos de dois veículos ligados a ele durante o período em torno do desaparecimento.

Ambos os carros, uma van caravana da Volkswagen e um Jaguar, estão agora na posse da polícia alemã.

Eles também pediram que qualquer pessoa familiarizada com dois números de telefone portugueses se apresentasse. Um dos telefones era conhecido por ser usado pelo suspeito e recebeu uma ligação de 30 minutos do segundo número, enquanto estava na área da Praia da Luz na noite do desaparecimento, pouco antes da última visita de McCann.

“Você pode saber, pode estar ciente de algumas das coisas que ele fez, ele pode ter lhe confidenciado o desaparecimento de Madeleine”, disse o chefe de investigação Mark Cranwell.

“Mais de 13 anos se passaram e suas lealdades podem ter mudado. Esse indivíduo era para estar na prisão … agora é a hora de avançar. ”

A polícia britânica disse que mantinha uma mente aberta sobre o envolvimento do homem e não tinha nenhuma evidência definitiva de que McCann estava viva ou não.

Relembre o caso

O desaparecimento de Madeleine McCann aconteceu 13 anos atrás, quando a menina tinha estava de férias com seus pais em um apartamento na praia em Portugal

Seus pais, Kate e Gerry McCann, declararam que deixaram a sua filha dormindo junto a seus dois irmãos enquanto jantavam com uns amigos no mesmo complexo turístico e que, quando voltaram, a menor já não estava no quarto. 

Os pais de Madeleine foram oficialmente considerados suspeitos pela polícia portuguesa devido à descoberta de vestígios biológicos da pequena em seus objetos pessoais e em um automóvel alugado após o desaparecimento. 

No entanto, a Justiça portuguesa deixou de considerá-los suspeitos depois que as análises das amostras que os incriminavam, realizadas no Reino Unido, não foram consideradas conclusivas. 

Gerry e Kate McCann defenderam durante anos que Madeleine continuava viva e foi vítima de um sequestro.

Foto de capa: Kate McCann, mãe de Madeleine com a imagem da menina ao fundo. REUTERS/Chris Helgren/File Photo

Já conhece nosso canal no YouTube? Confira nossos vídeos

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria e assessoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo