Para seus contatos
Read Time1 Minute, 25 Second

A Polícia Civil da cidade de Alta Floresta, no estado do Mato Grosso, realizou a apreensão de mais de R$ 4,5 milhões em espécie dentro de um avião que realizou um pouso forçado em uma área rural.

Segundo informações da corporação, o montante de R$ 4.679.750,00 estava dividido em seis malas e pertencia ao piloto, de nacionalidade italiana, que informou que teve que realizar o pouso após o avião , de modelo Cessna 206T, apresentar um problema no ‘flap’. Ele, inclusive, já havia embarcado em um táxi para deixar o local quando foi interpelado pelos policiais.

Residindo no Brasil há mais de 30 anos, o homem não soube, à princípio, explicar aos agentes a origem do dinheiro . Porém, quando foi encaminhado para a Delegacia, revelou que a quantia era proveniente da venda de um avião realizada na cidade de São Paulo.

O piloto informou ainda que o plano de voo, iniciado em Sorocaba (SP), previa pousos para reabastecimento nas cidades de Jataí, em Goiás, e exatamente em Alta Floresta antes do destino final, que era a cidade de Itaituba, no Pará.

Ao deixar a cidade goiana, notou que o avião apresentava problemas, mas decidiu seguir viagem até o Mato Grosso. Foi então que precisou realizar o pouso forçado em uma pista rural, local em que foi encontrado pelas autoridades.

Agora, os agentes vão investigar a origem do dinheiro . De acordo com o delegado de Alta Floresta, Vinicius Nazário, o montante será depositado em uma conta da Justiça até que o inquérito policial seja resolvido. Já o piloto acabou liberado, uma vez que não foi encontrado nenhum conteúdo ilícito em suas posses e ele não tinha antecedentes criminais.

Fonte: Último Segundo – iG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *