Polícia Civil prende vereador de Buritis que ficava com parte do salário de seus assessores

Compartilhe
Read Time1 Minute, 1 Second

Operação Pedágio foi deflagrada na manhã desta terça (2) em Buritis

A Polícia Civil de Buritis (RO), com o auxílio da Polícia Civil de Monte Negro (RO), ambas no Vale do Jamari, deflagraram a Operação Pedágio, nesta terça-feira (2), para cumprir dois mandados judiciais com o objetivo de coibir crimes contra a administração pública de Buritis.

De acordo com a Polícia Civil, um mandado de busca e apreensão foi cumprido na residência do vereador Ronen Alves Gomes (Roni do Hospital) PSC, de 44 anos, que foi preso suspeito de praticar o crime de corrupção passiva.

Roni do Hospital (PSC)

Consta nas investigações que o vereador indicava pessoas para exercer cargos de livre nomeação e exoneração no Pode Executivo municipal.

Mas após serem contratadas, o vereador solicitava diretamente aos contratados, que repassassem mensalmente, parte dos salários e que o pagamento fosse em espécie.

Segundo o delegado João Gustavo, a população pode colaborar com o trabalho no inquérito ao realizarem denúncias de casos que envolvam a retenção de salários de servidores.

“Convidamos as pessoas que passam por essa situação ou que sabem de situações semelhantes para virem até a Polícia Civil e façam as denúncias. As investigações continuarão para verificar se existem outros envolvidos”, destacou.

0 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %
Close