Faça parte de nossos grupos de Whatsapp

Polícia

Polícia investiga casos de picadas de agulha durante o Carnaval

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar os casos de picadas de agulha relatados por pelo menos 25 pessoas durante o período de carnaval no Grande Recife. De acordo com o G1, 25 casos foram notificados entre o sábado (2) e a manhã da quarta (6) no hospital, localizado na Zona Norte do Recife. A corporação prevê ouvir as declarações das vítimas para apurar os fatos.

Ainda segundo o G1, outras pessoas procuraram a unidade de saúde na quinta-feira (7) com relatos semelhantes aos anteriores.

A secretária Rita de Cássia Correia, de 42 anos, é uma delas. “Eu estava voltando para casa na terça (5), por volta das 3h30, quando senti uma picada. Em seguida, o meu braço ficou dormente. Procurei o hospital depois que vi as reportagens sobre o assunto”, conta.

A Polícia Civil destacou que a investigação busca apurar o crime de “exposição ao risco à vida de outrem por transmissão de moléstia grave”. A pena para esse delito é de quatro anos em regime fechado e a corporação não descarta o cometimento de outros crimes mais graves.

As vítimas devem procurem delegacias para registrarem boletins de ocorrência.

Related posts
Polícia

Justiça decreta prisão de digital influencer baiano Iuri Sheik

Polícia

Caçador se desequilibra, cai 3 metros de altura, arma dispara na queda e ele morre

Polícia

Homem estupra garota de programa em MT e depois diz para vítima que tem HIV

Polícia

Filhos de mulher morta por causa de bolo não conseguem dormir: 'Estão sofrendo'

Assine nossa newsletter e receba nosso boletim semanal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *